Imigração gastronômica

Volta ao mundo pelos bares de São Paulo: português

Descubra endereços inspirados na cultura lusitana, com direito a bacalhau e outras delícias típicas

Por: Sophia Braun

Taberna 474 - volta ao mundo - português
Taberna 474, no Jardim Paulistano: cardápio inspirado nas tascas portuguesas (Foto: Fernando Moraes/Romulo Fialdini)

Depois do sucesso do Bottega BottaGallo e do Adega Santiago, o empresário Ipe Moraes acertou mais uma vez na mão ao inaugurar o Taberna 474, no Jardim Paulistano. Assim como nos irmãos mais velhos, o segredo é unir o ambiente descontraído de um bar ao cardápio elaborado de um restaurante. Desta vez, a inspiração são as tascas portuguesas e a culinária da orla lusitana. A chef Marcela Tiradentes, também responsável pelo menu do Adega, prepara receitas da terra e do mar com desenvoltura.

+ Tasca do Zé e da Maria propõe receitas lusas com toques modernos

+ Continue a volta ao mundo: conheça bares inspirados em outros países

Não deixe de provar o polvo à moda (59,00 reais), regado a boas doses de azeite mais batata, pimentão vermelho e cebola. Das pedidas clássicas, propõe alheiras (29,00 reais), sardinhas grelhadas (24,00 reais) e o emblemático bacalhau em diversas versões. Quando preparado na brasa (145,00 reais; serve duas pessoas), recebe a companhia de alho frito, batata e brócolis.

+ Restaurantes: as dez melhores estreias de 2011

Para bebericar com estilo, o barman Marcelo Vasconcellos assina a carta de coquetéis. O amarguinho porto tonic (23,00 reais) leva vinho branco seco do Porto, água tônica, hortelã e limão-siciliano.

Confira abaixo no mapa outros bares de inspiração portuguesa na cidade:

  • Bar-restaurante

    Taberna 474

    Rua Maria Carolina, 474, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3062 7098

    VejaSP
    6 avaliações

    O bar-irmão da rede Adega Santiago também aposta em atmosfera descontraída e menu elaborado. O polvo à tasquinha (R$ 93,00) é fatiado e guarnecido de cebola e batata. Mostra-se tentadora a costela bovina com discos de mandioca frita, farofinha e folhas de agrião (R$ 64,00). Vá de espresso europeu (brandyde jerez, licor de café, expresso, Fernet-Brancae especiarias; R$ 30,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Espírito Santo

    Avenida Horácio Lafer, 634, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3078 7748

    VejaSP
    3 avaliações

    O botequim luso-chique ocupa uma concorrida esquina do Itaim Bibi, onde engravatados costumam esvaziar copos de um bem tirado chope Brahma (R$ 8,40) depois do expediente. Há também boas pedidas de bacalhau, como os bolinhos (R$ 35,00, seis unidades) e a versão apelidada de nunca chega (desfiado com cebola, presunto cozido e batata palha; R$ 63,00). O arroz de polvo traz pedaços macios do molusco, mas pode vir com os grãos meio quebrados (R$ 83,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados

    Seo Gomes

    Rua Gomes De Carvalho, 1214, Vila Olímpia

    Tel: (11) 3846 3625

    2 avaliações
    É uma espécie de boteco chique “portuga”. Entre as sugestões aparecem uma gostosa alheira frita, acompanhada de farofa e vinagrete, e o escondidinho de bacalhau desfiado coberto por purê de batata e couve frita. Para acompanhar, peça o chope (Brahma), de colarinho cremoso.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO