Restaurantes

Chez Mis oferece badalação e acerta nos pratos

Com vista para um jardim, local faz sucesso pelo ambiente e pela cozinha

Por: Arnaldo Lorençato

chezmis2271
Salão concorrido: públicos diferentes no almoço e no jantar (Foto: Fernando Moraes)

Desde a abertura há dois meses, o Chez Mis, atrás do Museu da Imagem e do Som, se tornou um dos lugares mais agitados da cidade. Durante a semana no almoço, reúne descolados e executivos que trabalham na região. No jantar, ganha atmosfera para romance e é tomado por casais, sobretudo jovens com menos de 30 anos. O restaurante pertence aos mesmos donos do Bar Secreto, da Lanchonete Chez Burger e do restaurante Chez Lorena, novo nome do antigo Lorena, 1989. Como nos demais endereços do grupo, a cozinha está nas mãos de Leo Botto.

+ Conheça mais do trabalho do chef Leo Botto

+ Grupo acerta em empreendimentos jovens e rentáveis

+ MIS renova atrações e atrai público

O chef repete aqui alguns sucessos do Chez Lorena, entre eles a salada niçoise (folhas variadas, batata, ovo cozido, vagem, atum ou aliche em conserva; R$ 39,00 a inteira; R$ 30,00 a meia porção) e os deliciosos palitos fritos de polenta (R$ 20,00).

atum_chezmis2271
Atum branco com limão-taiti queimado e batata-doce ao murro: R$ 66,00 (Foto: Fernando Moraes)

Dos pratos principais, há o gigantesco cheeseburger escoltado por fritas (R$ 34,00) e o apetitoso atum branco ao limão-taiti queimado (R$ 66,00), que pode receber de guarnição a batata-doce ao murro. Uma das novidades introduzidas pelo cozinheiro apenas neste endereço, o entrecôte ao molho béarnaise (R$ 64,00) vem no ponto pedido.

No arremate, cai bem a cheesecake regada a calda de frutas vermelhas (R$ 24,00). A pequena lista de vinhos inclui o argentino Kaiken Malbec 2010 (R$ 69,00). De terça a sexta, entre 15h e 20h, serve um menu reduzido.

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO