Eventos

Virada Sustentável reúne mais de 300 atrações culturais em junho

Evento que acontece na Semana do Meio Ambiente terá exposições, filmes, oficinas e shows em mais de 60 pontos de São Paulo

Por: Leonam Bernardo - Atualizado em

Virada Sustentável
Maratona de contação de histórias infantis: um dos 300 programas da Virada (Foto: Divulgação)

Inspirada pela Virada Cultural, que aconteceu no mês passado, outra maratona de atrações pretende levar mais de 300 programas a 60 pontos espalhados por toda cidade durante um único fim de semana. É a Virada Sustentável, que acontece nos dias 4 e 5 de junho — em meio à Semana do Meio Ambiente.

“Queremos ampliar a informação sobre sustentabilidade por meio da arte e da cultura”, explica André Palhano, organizador do evento. Entre as atrações, estão exposições, filmes, oficinas, workshops, peças e shows. “A população, quando ouve o nome Virada, já associa a uma programação gratuita espalhada por toda a cidade”, comenta. Ao contrário da maratona de abril, no entanto, o roteiro sustentável não acontecerá durante toda a madrugada — vai das 8h à meia noite no sábado (4) e das 8h às 20h no domingo (5).

Entre os destaques, a mostra “Uma Casa, Mil Olhares”, no Parque do Ibirapuera, reconstrói uma residência típica de classe média brasileira com o objetivo de promover uma reflexão sobre a relação entre consumo, consumismo e qualidade de vida nas últimas décadas. No Instituto Goethe, “Clima. Cultura. Mudança!” exibirá uma seleção de seis longas e sete curtas-metragens sobre as mudanças climáticas e seus impactos em várias regiões do planeta.

Haverá também um mutirão para coleta de lixo eletrônico e atividades preparadas para atender pessoas portadoras de deficiências. Personagens curiosos, os homens e mulheres-refluxo devem circular pelos 60 pontos do evento — a maioria parques e áreas verdes — com uma roupa repleta de lixo, simbolizando tudo aquilo que uma pessoa descarta por semana no meio ambiente.

A programação completa do evento está prometida para a próxima segunda (23), no site www.viradasustentavel.com.

Fonte: VEJA SÃO PAULO