Virada Cultural 2016

O roteiro imperdível da Virada 2016

Está na dúvida de quais shows curtir? Fique atento às nossas indicações

Por: Veja São Paulo

Cantora Céu
Céu: no Palco São João, às 2 horas da manhã (Foto: Luiz Garrido)

Por dois dias – agora três – o centro da cidade fica tomado por bons nomes na música nacional. E o melhor ainda: tudo de graça. Essa é a Virada Cultural 2016. Como em todo o show, vai ter perrengue e sola de sapato gasta também. No fim, porém, vale a pena sair de casa para aproveitar o som. Veja as nossas indicações dos melhores programas.

SEXTA (21/5)

Casa de Francisca

Rua Direita com a Rua Quintino Bocaiuva

O roteiro começa por um aperitivo do que está vindo para o cenário cultural da cidade. A pequena Casa de Francisca nos Jardins vai abrir um espaço bem maior, no Palacete Tereza Toledo Lara. O prédio ainda não está aberto mas o público vai poder curtir apresentações  que vão ocorrer no balcão do espaço.

Vale chegar já no início para curtir:

Jussara Marçal e Kiko Dinucci
Juçara Marção e Kiko Dinucci: ao lado de Thiago França, na Casa de Francisca (Foto: Katia Kuwabara)

18h – Ná Ozzetti, Dante Ozzetti e Marcelo Pretto

19h – Arrigo Barnabé, Luiz Tatit e Livia Nestrovski

21h – Rodrigo Campos, Romulo Fróes e Marcelo Cabral

22h – Kiko Dinucci, Juçara Marça e Thiago França

23h – Siba, Mestre Nico e Gervásio

SÁBADO (21)

Ney-Matogrosso-Divulgacao
Ney Matogrosso: abre o sábado de shows, no Palco Júlio Prestes (Foto: Marcelo Faustini)

18h - Comece pelo palco principal, o Júlio Prestes (Praça Júlio Prestes, s/n°, Campos Elísios) para assistir Ney Matogrosso;

20h - Aperte o passo para conhecer o paraense Jaloo, no Palco Alfredo Issa (Rua Beneficência Portuguesa, 29, República);

Jaloo - show
Jaloo: artista estreante na Virada (Foto: Divulgação)

22h - Pulou muito? Vá até o Palco São João (Praça Júlio Mesquita, 1100, Santa Ifigênia) para dançar Valesca;

23h - Saia um pouco antes do show da funkeira para tentar um assento no Teatro Municipal (Praça Ramos de Azevedo, s/nº, República) para ver Wanderlea cantar o disco Feito Gente, de 1975;

0h - Volte correndo para o Palco São João (Praça Júlio Mesquita, 1100, Santa Ifigênia) e assista o show da Elza Soares, do elogiado A Mulher do Fim do Mundo;

Elza Soares
Elza Soares: meia-noite, apresentação do disco A Mulher do Fim do Mundo (Foto: Divulgação)

2h - Termine o sábado com a Céu, também no São João, que vai mostrar as músicas do novo disco Tropix.

DOMINGO (22)

9h - Comece o dia animado com Fafá de Belém, no Palco Barão de Limeira (Rua Barão de Limeira, próximo à Rua Duque de Caxias);

10h - Dê uma passada para rir com o funk de MC Bin Laden, no Palco República (Praça da República, s/nº);

11h - E então, dance com Elba Ramalho no Palco São João (Praça Júlio Mesquita, 1100, Santa Ifigênia);

Elba Ramalho
Elba Ramalho: show de manhã no Palco São João (Foto: Marcelo Lyra)

15h - Chegue antes para reservar um espaço no Teatro Municipal (Praça Ramos de Azevedo, s/nº, República) para assistir Erasmo Carlos cantando, Carlos, Erasmo, de 1971;

Erasmo Carlos
Erasmo Carlos: cantor relembra o disco 'Carlos, Erasmo', de 1971 (Foto: Divulgação)

17h - Finalize a maratoratona com Maria Rita no Palco São João (Praça Júlio Mesquita, 1100, Santa Ifigênia) ou

Maria Rita
Maria Rita: a cantora encerra programação do domingo (Foto: Divulgação)

18h - Termine ouvindo Geraldo Azevedo relembrando as faixas do disco Bicho de 7 Cabeças, de 1979, no Teatro Municipal (Praça Ramos de Azevedo, s/nº, República).

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO