Comportamento

Vinte endereços onde a azaração corre solta

Conheça os lugares ideais para quem quer namorar

- Atualizado em

Até 25 anos

Baile da Banda Glória

Não é preciso saber dançar para sair acompanhado dessa gafieira quinzenal. No verão, o salão lota tanto que o máximo que dá para improvisar é o famoso "dois pra lá, dois pra cá". Ideal, portanto, para a cantada ao pé do ouvido.

Aldeia Turiassu. Rua Turiaçu, 928, Perdizes, 8515-1112. O próximo baile será no dia 28, das 22h às 5h30. Entrada: R$ 25,00 (estudantes) e R$ 35,00. www.bandagloria.com.br.

Geni

Um público de universitários e recém-formados bate cartão nesse bar-balada. Após as 22h30, bandas de rock, samba-rock, jazz ou soul fervilham na pista do centenário casarão próximo à Avenida Paulista.

Rua Bela Cintra, 539, Consolação, 3129-9638/9952. 18h/último cliente (fecha seg.). Entrada (ter. a sex. e dom. a partir das 21h; sáb. a partir das 20h): R$ 10,00 a R$ 20,00. www.geniclub.com.br.

Idch

Os freqüentadores do clubinho alternativo – um sobrado no Paraíso onde todos devem entrar descalços – adoram um papo-cabeça. No 2º andar, há um lounge com almofadas jogadas pelo chão, ambiente propício para puxar conversa.

Rua Correia Dias, 161, Paraíso, 2157-3720/5573-9364. 22h/4h (qui.), 23h/5h (sex. e sáb.) e 18h/23h (dom.). Entrada: R$ 15,00 a R$ 25,00. www.idch.art.br.

Mynt

Tem duas pistas de dança, sempre cheias. A maior, dedicada à música eletrônica, reúne uma galera interessada em sacudir o esqueleto. Só. É no salão menor, ao som de hip hop, que a paquera rola solta.

Avenida 9 de Julho, 5872, Itaim Bibi, 3063-5300. 23h/5h (qua., sex. e sáb.). Entrada: R$ 60,00 (mulheres) e R$ 120,00 (homens). www.myntlounge.com.br.

Pacha

A balada do momento recebe cerca de 2 500 pessoas todos os sábados – na maioria, jovens de 20 e poucos anos em clima de pegação. Só não se descola quem não quer. Às sextas, o RG dos freqüentadores é um pouco mais baixo.

Rua Mergenthaler, 829, Vila Leopoldina, 2189-3700. 22h/último cliente (sex. e sáb.; não abre nos feriados). Entrada: R$ 30,00 a R$ 50,00 (mulheres) e R$ 50,00 a R$ 100,00 (homens). www.pachasp.com.br.

De 26 a 35 anos

Asia 70

Um povo disposto a azarar enche a casa. O flerte pode começar no restaurante japonês ou na pista, normalmente embalada por dance music.

Praça Procópio Ferreira, s/nº, Brooklin, 5506-4903. 22h30/último cliente (qui. a sáb.). Entrada: R$ 40,00 a R$ 60,00 (mulheres) e R$ 60,00 a R$ 90,00 (homens). www.asia70.com.br.

Boteco São Bento

O bar lota tanto que a espera para sentar chega a uma hora. Ótimo pretexto para jogar charme em quem, como você, aguarda sua vez de se sentar.

Rua João Cachoeira, 800, Itaim Bibi, 3079-4285. 12h/último cliente. www.botecosaobento.com.br.

Gafieira São Paulo

É muito difícil se dar bem sem saber ao menos uns passos de samba de gafieira. Mas não se preocupe: quem tem medo de pagar mico no meio do salão pode fazer aula antes da balada, das 19h às 20h.

Tom Jazz. Avenida Angélica, 2331, Higienópolis, 3255-3635. 20h/último cliente (dom.). Entrada: R$ 20,00. www.tomjazz.com.br.

Mori Sushi

O restaurante recebe cerca de 300 pessoas num sábado. A paquera costuma acontecer nos sofás da sala de espera, onde jovens descolados aguardam até duas horas por uma mesa.

Rua da Consolação, 3610, Jardim Paulista, 3898-2977. 12h/15h e 19h/23h30 (qui. a sáb. até 1h; sáb. almoço 12h30/16h; dom. só almoço 12h30/17h). www.morisushi.com.br.

Museum

Mistura de restaurante e balada, atrai solteiros bem de vida. Para entrar, passa-se por um teste rigoroso. "Na porta, a hostess seleciona os mais bonitos e bem-vestidos", admite o sócio Luigi Cardoso. Resultado: partidões circulam pela casa.

Rua James Joule, 65, Brooklin (ao lado do hotel Hilton), 5507-3650. Entrada: R$ 80,00 a R$ 150,00 (mulheres) e R$ 100,00 e R$ 250,00 (homens). www.museumrestaurant.com.br.

De 36 a 45 anos

Balcão

O nome do bar vem do balcão de 25 metros em formato de ziguezague que toma o salão principal. Sentar próximo do alvo é o primeiro passo para se dar bem.

Rua Melo Alves, 150, Jardim Paulista, 3063-6091. 18h/2h (seg. e dom. até a 1h).

Espírito Santo

Aposte na noite de quinta-feira, quando grupos de solteiros costumam circular pelo salão. "Na hora do xaveco, seja sutil, porque o público é classudo", aconselha o sommelier Francisco Soares.

Avenida Horácio Láfer, 634, Itaim Bibi, 3078-7748. 12h/15h e 17h30/2h (sex. e sáb. sem intervalo; dom. sem intervalo até 0h; seg. só à noite até 0h). www.barespiritosanto.com.br.

Jacaré Grill

Nas noites de quarta e tardes de sábado, o boteco vira o paraíso dos tigrões. "A rua fica tomada", afirma o dono, Marcelo Jacaré, que calcula já ter atendido 850 pessoas (com boa proporção de solteiros) num dia.

Rua Harmonia, 321/337, Vila Madalena, 3816-0400. 12h/1h (sáb. e dom. até 20h; fecha seg.). www.jacaregrill.com.br.

Salve Jorge

Homens de terno e executivas lotam a happy hour do Salve Jorge do centro, filial do bar de mesmo nome da Vila Madalena. "Mandar recadinhos pelo garçom, por exemplo, é uma prática comum", diz a sócia Rita Sandrin.

Praça Antônio Prado, 17, centro, 3107-0123, Metrô São Bento. 9h30/último cliente (sáb. 11h/19h; fecha dom.). www.barsalvejorge.com.br.

Spot

Localizado numa espécie de caixa de vidro próxima à Avenida Paulista, o restaurante é freqüentado por uma galera modernosa. Os solteiros costumam trocar olhares no bar, onde se espera até duas horas por uma mesa.

Alameda Ministro Rocha Azevedo, 72, Cerqueira César, 3283-0946 e 3284-6131. 12h/15h e 20h/1h (sáb., dom. e feriados almoço 13h/17h). www.restaurantespot.com.br.

Acima de 45 anos

Adega Santiago

Fuja dos almoços, dominados por famílias e executivos. A hora de agir é na happy hour, quando solteiros quarentões invadem a casa.

Rua Sampaio Vidal, 1072, Jardim Paulistano, 3081-5211. 12h/15h e 18h/0h (seg. à noite até 23h; sáb., dom. e feriados sem intervalo a partir das 12h30). www.adegasantiago.com.br.

Astor

Sempre movimentado, atrai motoqueiros de fim de semana, profissionais liberais e executivos. "Os solteiros promovem o troca-troca de mesas", conta o gerente Neilor Rodrigues, referindo-se à tática dos freqüentadores de ir mudando de lugar até se aproximar da "presa".

Rua Delfina, 163, Vila Madalena, 3815-1364. 17h/3h (sex. e sáb. 12h/4h; dom. 12h/0h). www.barastor.com.br.

Avenida Club

Tradicional casa de dança de salão, é ímã de pés-de-valsa com mais de 40 anos. Normalmente o xaveco começa na pista e prossegue nas mesas.

Avenida Pedroso de Morais, 1036, Pinheiros, 3814-7383. 20h/5h (sex. e sáb.) e 19h/1h (dom.). Entrada: R$ 20,00 a R$ 30,00 (mulheres) e R$ 25,00 a R$ 30,00 (homens). www.avenidaclub.com.br.

Charles Edward

Ponto de encontro de quarentões e cinqüentões, já foi motor de muitos namoros e até matrimônios. "Sei de ao menos trinta casais que se conheceram aqui e, depois, fizeram a festa de casamento no bar", diz Ana Motta, promotora de eventos da casa há seis anos.

Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1426, Itaim Bibi, 3078-5022. 18h30/2h (qui. e sex. até 4h; sáb. 20h30/4h; fecha dom.). Entrada: R$ 12,00 a R$ 23,00 (mulheres) e R$ 26,00 a R$ 44,00 (homens). www.barcharles.com.br.

Passatempo

O lugar concentra uma turma bastante madura, principalmente às quintas. "Na hora de chegar junto, procure saber antes quem é o pretendido", sugere Lilia Klabin, a simpática proprietária. Aviso: aos sábados, a pista é tomada por jovens de 20 e poucos anos.

Rua Jerônimo da Veiga, 446, Itaim Bibi, 3079-5054. 22h/5h (ter. a sáb.). Entrada: R$ 45,00 a R$ 85,00. www.passatempo-mpb.com.br.

Fonte: VEJA SÃO PAULO