Especial

"Comer & Beber" 2013: lojas de importadoras

Confira destaques do portfólio de vinte boas lojas de importadoras

Por: Marcelo Cobra - Atualizado em

Taça de vinho do Divine Wine Bar - Credito Fernando Moraes
Vinhos: rótulos exclusivos e de importação própria em vinte endereços (Foto: Fernando Moraes)

O guia "Comer & Beber" apresenta 50 lojas de vinhos. Abaixo, vinte lojas de importadoras:

+ "Comer & Beber" 2013: as melhores lojas de vinhos da cidade

+ Tudo sobre o "Comer & Beber" 2013

  • Adega Alentejana

    Rua Cincinatti, 12, Cidade Monções

    Tel: (11) 5044 5760

    Sem avaliação

    Especializada em vinhos e produtos portugueses, a importadora Adega Alentejana promove nesta quarta (27) a oitava edição do seu Passeio Enogastronômico. Trata-se de uma feira que reúne cerca de trinta produtores e enólogos de Chile, Espanha e Portugal, entre eles Paulo Laureano (Paulo Laureano Vinus e Mouchão) e Margarida Cabaço (Monte dos Cabaços).

    Não apenas vinhos estarão disponíveis para prova, mas também azeites, conservas de peixe, geleias e doces. Como uma feira itinerante, o evento já passou por Campinas e São José do Rio Preto e daqui segue para outras capitais, como Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife.

    8º Passeio Enogastronômico da Adega Alentejana. Alameda Jaú, 729, Jardim Paulista (Royal Jardins Hotel). Qua. (27), 16h/20h30. R$ 150,00 (antecipado) e R$ 170,00 (no evento).

     

    Saiba mais
  • Ana Import

    Rua Artur de Azevedo, 443, Cerqueira César

    1 avaliação
  • Bruck

    Rua Paula Sousa, 216, Centro

    Tel: (11) 3329 3400

    Sem avaliação

    Comandada desde 1964 por uma família gaúcha, esta tradicional importadora foi fundada em 1937 pelo alemão Fredrico Bruck. Compõem seu acervo rótulos conhecidos do público, como os da linha italiana Corvo, vendidos em vários supermercados da capital. Há também uma etiqueta própria, batizada de Valdorella, engarrafada por diferentes produtores na Argentina e na Itália. Duas opções refrescantes: o branco chileno Amaral Sauvignon Blanc 2010 (R$ 57,20), de teor cítrico, e o agradável italiano Torresella Pinot Grigio Rosé 2012 (R$ 51,00), com acidez equilibrada. Entre os tintos, prefira o argentino Ciclos Icono 2010 (R$ 85,00), blend de malbec e merlot, e o e o francês Château Pey La Tour Reserve Supérieur 2007 (R$ 112,68), originário da região de Bordeaux.

    Preços checados em 24 de fevereiro de 2014.

    Saiba mais
  • Casa do Porto

    Alameda Franca, 1225, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3061 3003

    Sem avaliação

    De origem capixaba, a importadora fundada em 1988 trabalhava inicialmente com produtos gourmets que chegavam pelo Porto de Vitória — daí o nome da empresa. Aberta em 2004, a unidade dos Jardins ocupa um bonito salão com espaço para degustações e eventos nos fundos. Logo na entrada, uma adega climatizada guarda os tops do catálogo. De Saint Émilion, na região francesa de Bordeaux, o Château Valandraud aparece em safras variadas, de 1999 a 2010. Os preços do tinto produzido por Jean Luc Thunevin variam de acordo com o ano e vão de R$ 1 700,00 a R$ 3 500,00. Outro Bordeaux, porém muito mais acessível, é o Coeurs d’Albret 2010 (R$ 44,90). Entre os sul-americanos, procure o tinto chileno Noche de Luna 2009 e 2011 (R$ 120,00), blend de cabernet sauvignon, carmenère, malbec e cabernet franc.

    Preços checados em 26 de fevereiro de 2014.

    Saiba mais
  • Casa Flora

    Rua Santa Rosa, 207, Brás

    Tel: (11) 3327 5199 ou (11) 2842 5199

    Sem avaliação

    A loja é dividida em dois setores: um deles, dedicado a produtos de empório, reúne itens como frios e embutidos, azeites e chás importados; no outro, destilados e vinhos se espalham por gôndolas, como num supermercado. Algumas delas guardam rótulos em meia garrafa, caso caso do italiano Camigliano Rosso di Montalcino 2010 (R$ 55,62). Outro diferencial é a oferta de boas etiquetas abaixo dos R$ 80,00. Três exemplos: o chileno Cefiro Reserva Carmenère 2011 (R$ 41,55), da Viña Casablanca, o sul-africano Nederburg Manor House Shiraz 2009 (R$ 73,15), e o australiano Wakefield Estate Range Shiraz 2010 (R$ 71,65).

    Preços checados em 15 de janeiro de 2014.

    Saiba mais
  • De La Croix

    Alameda Lorena, 678, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3034 6214

    Sem avaliação

    Geoffroy de la Croix vai sete vezes ao ano à França em busca de novos rótulos para sua importadora, especializada em pequenos produtores. Uma das estrelas do catálogo é o Pommard Premier Cru Clos des Epeneaux 2009 (R$ 505,00), um pinot noir apresentado como tendo um potencial de pelo menos cinquenta anos de guarda produzido na Borgonha pela família do importador. Além dele, são escolhas atraentes o Le Petit Champ 2011 (R$ 75,00), do Château du Champ des Treilles, corte de merlot, cabernet franc, cabernet sauvignon e petit verdot, e o Les Chèvrefeuilles 2011 (R$ 58,00), do Domaine de la Réméjeanne. Um dos espumantes produzidos fora da região de Champagne, o Blanquette de Limoux Grande Réserve Brut 2011, do Domaine Antech, destaca-se pelo preço de R$ 75,00.

    Preços checados em 4 de dezembro de 2013.

    Saiba mais
  • Enoteca Decanter

    Rua Joaquim Floriano, 838, Itaim Bibi

    Tel: (11) 3702 2020

    Sem avaliação

    Desde 2008, a importadora catarinense mantém uma grandiosa loja no Itaim Bibi com iluminação suave, pé-direito alto e um bonito lustre composto de taças de vinho. Lá, é possível encontrar 1 600 rótulos trazidos de dezoito países, que integram um dos mais importantes catálogos do país. Nos fundos há ainda um aprazível wine bar, com serviço conduzido pelo sommelier Gelson Matias. Chama atenção no catálogo o premiado Abandonado 2011 (R$ 809,00), um corte de vinte castas portuguesas, produzido por Domingos Alves de Sousa e com estimativa de guarda de mais de quinze anos. Há ainda boas opções abaixo dos R$ 100,00, caso do chileno De Martino Carménère Estate Reserva 2015 (R$ 66,60), tinto elaborado no Vale do Maipo, e o branco Paul Mas Gewürztraminer 2015 (R$ 92,50), francês da região de Languedoc.

    Preços checados em 6 de julho de 2016.

    Saiba mais
  • Expand - Jardins

    Avenida Cidade Jardim, 790, Jardim Paulistano

    Tel: (11) 2102 7700

    Sem avaliação

    Fundada em 1978 pelo empresário Otávio Piva de Albuquerque, é uma das mais tradicionais importadoras do país. Integram seu portfólio uma gama de rótulos que vai de exemplares tops como o francês Romanée-Conti 2009, da Borgonha, vendido por R$ 44 800,00, e o espanhol Cirsion 2006, da Bodegas Roda, a R$ 1 250,00, a garrafas mais simples. Da chilena Morandé, é possível encontrar os tintos Pionero Pinot Noir 2011 (R$ 39,80) e House of Morandé 2006 (R$ 348,00). O toscano Fonterutoli Chianti Classico 2011 (R$ 158,00), produzido pela conceituada família Mazzeim, tem a vantagem de ser comercializado também em meia garrafa, na safra de 2010, a R$ 89,00. Dessa mesma produtora aparece ainda outra etiqueta: o Badiola 2011 (R$ 95,00), blend de sangiovese (70%) e merlot (30%).

    Preços checados em 12 março de 2014.

    Saiba mais
  • Grand Cru - Consolação

    Rua Bela Cintra, 1799, Consolação

    Tel: (11) 3062 6388

    Sem avaliação

    A rede de origem argentina possui 29 lojas espalhadas pelo Brasil, três delas em São Paulo. Seu vasto portfólio agrupa mais de 1 500 rótulos, quase metade deles de importação exclusiva. Da vinícola francesa Maison Delas Frères, com sede no Vale do Rhône, ao sul da Borgonha, destacam-se duas pedidas: o rosé Tavel 2011 (R$ 84,00) e o tinto Vacqueyras 2011 (R$ 117,00). O acervo de etiquetas originárias da França inclui o champanhe Gosset Brut Excellence (R$ 261,00), avaliado com 92 pontos pela revista americana Wine Spectator, e o branco Muscat de Beaumes de Venice 2010 (R$ 109,98), uma opção de sobremesa produzida na Alsácia. Integram também a seleção europeia garrafas como a do branco italiano Solosole Vermentino Bolgheri D.O.C. 2011 (R$ 106,00), produzido por um braço da vinícola Allegrini na Toscana, e a do tinto espanhol Milcampos Viñas Viejas 2010 (R$ 62,00), feito com a uva tempranillo, ambos avaliados com mais de 90 pontos pelo crítico americano Robert Parker. Quem não dispensa garrafas sul-americanas encontra o argentino Zorzal Gran Terroir Pinot Noir 2012 (R$ 93,00).

    Preços checados em setembro/outubro de 2013.

    Saiba mais
  • KMM

    Rua Medeiros de Albuquerque, 23, Jardim Das Bandeiras

    Tel: (11) 3819 4020

    Sem avaliação

    Rótulos australianos, neozelandeses e sul-africanos compõem o catálogo desta importadora, com showroom na Vila Madalena. Da vinícola Westend Estate, na Austrália, chegam o branco Poker Face Shiraz 2012 (R$ 53,00) e o espumante Eternity Sparkling Cuvee (R$ 63,00). Entre as garrafas da África do Sul, há o Namaqua Pinotage 2010 (R$ 49,90), com 14,5% de graduação alcoólica, e o Les Coteaux Cabernet Sauvignon 2010, que sai por R$ 128,00. Entre os espumantes, há ainda o australiano Croser Sparkling 2004 (R$ 219,00) e o Jansz Premium Cuvee (R$ 169,00), da Tasmânia.

    Preços checados em 4 de dezembro de 2013.

    Saiba mais
  • Mistral

    Rua Rocha, 288, Bela Vista

    Tel: (11) 3372 3400

    Sem avaliação

    Há quarenta anos no mercado, a importadora de Ciro Lilla consolidou-se como uma das mais importantes do país e exibe um invejável portfólio que ultrapassa a barreira dos 3 000 rótulos. As garrafas espalham-se por duas lojas, uma no centro e outra no 2º andar do Shopping JK Iguatemi, num bonito espaço projetado pelo arquiteto Arthur Casas e premiado internacionalmente. No shopping, também funciona o Mistral JK Wine & Champagne Bar, com cardápio de petiscos assinado pela chef Paola Carosella, do restaurante Arturito. Para uma ocasião especial, reserve o supertoscano Cepparello IGT 2008 (R$ 438,90), do produtor Isole e Olena, considerado um dos melhores vinhos da Itália pela revista americana Wine Spectator. Outra cara escolha, o argentino El Gran Enemigo 2008 (R$ 350,90) é elaborado por Alejandro Vigil, enólogo da vinícola Catena Zapata, e Adrianna Catena, filha de Nicolás Catena. Se a ideia for comprar garrafas com preços mais razoáveis, prefira o francês Marius Rouge 2011 (R$ 58,30), criado por Michel Chapoutier no Languedoc-Roussillon com as uvas syrah e grenache, e o sul-africano Porcupine Ridge Syrah 2010 (R$ 76,78). Procure também o chileno Canto de Apalta 2010 (R$ 100,98), um blend de carmenère, merlot, cabernet sauvignon e syrah. Da divisão de brancos, o Albariño 2011 (R$ 131,78), de Pazo de Señorans, foi eleito o melhor branco da Espanha pelo crítico americano Robert Parker em sua última degustação de etiquetas do país. Atenção: por ser tabelado em dólar, o preço de cada garrafa pode sofrer alterações de acordo com o câmbio do dia.

    Preços checados em setembro/outubro de 2013.

    Saiba mais
  • Mr. Man

    Rua Beatriz, 150, Pinheiros

    Tel: (11) 3030 7100

    Sem avaliação

    Do último ano para cá, a importadora incorporou importantes produtoras de vinho ao catálogo. Uma delas é a chilena Echeverria, cujo Reserva Cabernet Franc 2010 (R$ 89,00) recebeu 90 pontos na última edição do guia Descorchados, publicado em seu país de origem. Da vinícola argentina Casa Bianchi, de Mendoza, procure o Famiglia Bianchi Cabernet Sauvignon 2010 (R$ 75,00), que leva ainda em sua composição merlot, malbec e syrah. Há também etiquetas espanholas, caso do Cruz de Alba Ribera del Duero Crianza 2007 (R$ 160,00), avaliado com 90 pontos no guia do crítico americano Robert Parker. Portugal, Itália, França e Uruguai completam a relação de países que figuram nas prateleiras da loja.

    Preços checados em 9 de abril de 2014.

    Saiba mais
  • Qual Vinho?

    Rua Costa Carvalho, 561, Pinheiros

    Tel: (11) 3032 1007 ou (11) 3031 7739

    Sem avaliação

    Fundada por Raphael Malagó, que viveu sete anos na África do Sul e estudou na Universidade de Stellenbosch e na Cape Wine Academy, a pequena importadora trabalha exclusivamente com rótulos trazidos desse país. Uma das principais vinícolas da nação africana, a Mullineux Family Wines está representada pelo Kloof Street Rouge 2012, que tem na composição syrah, cinsault e carignan, cepas típicas do sul do Vale do Rhône, na França. Abaixo dos R$ 50,00, é possível encontrar o Balance 2012 (R$ 48,00), corte de shiraz (50%) e merlot (50%).

    Preços checados em 2 de dezembro de 2014.

    Saiba mais
  • Vinci - Pamplona

    Rua Pamplona, 917, Jardim Paulista

    Tel: (11) 3130 4500

    Sem avaliação

    Criada em 2007 pelo empresário Ciro Lilla, também à frente da Mistral, a importadora possui um bonito showroom na Rua Pamplona, com espaço para degustações. Seu poderoso portfólio reúne cerca de 1 500 rótulos demais de 200 produtores. Fique atento: os preços das bebidas são mantido sem dólar, por isso pode haver mudança sem seu valor final. Ícone sul-americano, a chilena Viña Errazuriz marca presença no catálogo com seu Max Reserva Cabernet Sauvignon 2011, encorpado exemplar com 14% de graduação alcoólica. De Mendoza, o Kaiken Ultra Malbec 2012 foi eleito o melhor argentino dessa cepa pela revista Decanter. Entre os vinhos europeus, o tinto italiano Governo di Castellare 2014, da Toscana, apresenta notável leveza.

    Saiba mais
  • Vinhas do Douro

    Rua João Cachoeira, 795, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 2842 0873 ou (11) 3167 0873

    Sem avaliação

    O nome diz muito sobre esta pequena importadora, que funciona na sobreloja de uma galeria comercial do Itaim. Seu acervo reúne, é claro, apenas garrafas portuguesas do Douro, terra natal do proprietário Ricardo Rodrigues Bréia. Nessa mesma região ele mantém ainda a vinícola Monte São Sebastião, cujo branco feito com as castas rabigato, códega do larinho e gouveio (R$ 64,00), da safra 2012, integra o catálogo da loja. Entre os catorze rótulos, exibem bom preço os tintos Falgaroso Dop 2010 (R$ 55,00), com suave toque de baunilha, e Quinta do Penedo Reserva 2010 (R$ 75,00), que passa por barricas de carvalho francês e americano. Há também uma interessante seleção de azeites, caso do Douro Verde (500 mililitros; R$ 40,00), com acidez máxima de 0,2%.

    Preços checados em 2 de dezembro de 2014.

    Saiba mais
  • Vinos & Vinos

    Rua Sergipe, 312, Consolação

    Tel: (11) 3156 8455

    Sem avaliação

    Antes em Santa Cecília, a importadora agora mantém seu showroom em uma nova loja em Higienópolis, aberta em dezembro de 2012. Em suas prateleiras aparecem rótulos de seis países: França, Chile, Itália, Estados Unidos, Israel e Hungria. Entre os italianos, destacam-se sugestões de diferentes regiões. Da Toscana, por exemplo, o tinto Cinciorosso I.G.T. 2010 (R$ 98,00), da vinícola Le Cinciole, mistura as uvas sangiovese, cabernet sauvignon, syrah e merlot. Com produção limitada de apenas 10 000 garrafas, o Barbera d’Alba Bricco dei Merli D.O.C. 2010, feito exclusivamente com a casta barbera, é vendido por R$ 148,00. Entre as sugestões de espumante, uma boa escolha é o francês Première Bulle Fushia nº1 Brut (R$ 91,00).

    Preços checados em 11 de dezembro de 2013.

    Saiba mais
  • Weinkeller

    Rua Cristiano Viana, 441, Cerqueira César

    Tel: (11) 4114 6789

    Sem avaliação

    Entre brancos e tintos, 23 rótulos germânicos compõem o portfólio da importadora comandada por Vivien Kelber, com showroom nos Jardins. Os preços vão de R$ 49,00 a R$ 240,00. Da Weingut Heinz Pfaffmann, procure o Riesling 2012 (R$ 49,00), vendido em garrafa de 1 litro. É meio seco, leve e refrescante, com 11% de álcool. Também branco, o Gewürztraminer Kabinett 2012 (R$ 75,00), da vinícola Gries, exibe coloração dourada e acidez moderada. O tinto Spätburgunder Trocken 2011 (R$ 95,00) tem produção de apenas 2 000 garrafas a cada safra. Curiosidade: Spätburgunder é o nome da uva pinot noir plantada na Alemanha.

    Preços checados em 11 de junho de 2014.

    Saiba mais
  • Wine Stock

    Rua Diogo Jácome, 361, Vila Nova Conceição

    Tel: (11) 3045 5458

    Sem avaliação

    A unidade da Vila Nova Conceição da rede Ville du Vin cedeu espaço para esta importadora especializada em vinhos trazidos das principais regiões da França. Entre os rótulos mais procurados, por exemplo, estão o branco Chassagne-Montrachet Morgeot 2009 (R$ 450,00), produzido por Henri de Villamont, na Borgonha, e o bordeaux Château de Fieuzal 2004 (R$ 385,00), corte de cabernet sauvignon, merlot, cabernet franc e petit verdot. O catálogo inclui ainda etiquetas de outras nacionalidades, com preços mais acessíveis. Procure, por exemplo, o tinto californiano De Loach Pinot Noir 2011 (R$ 99,00), de sabor frutado e com um leve toque de menta. Uma sugestão sul-africana é o Veenwouden Syrah 2011 (R$ 155,00). No 2º piso, há um espaço para degustações e eventos.

    Preços checados em 26 de março de 2014.

    Saiba mais
  • World Wine - Cerqueira César

    Rua Padre João Manuel, 1269, Cerqueira César

    Tel: (11) 3085 3055

    Sem avaliação

    É a divisão de vinhos finos do grupo La Pastina, criada pelo empresário Celso La Pastina. O numeroso catálogo agrupa 2 000 rótulos de quinze países. Dos brancos, o argentino Atamisque Chardonnay 2010 (R$ 138,00) recebeu 91 pontos do crítico americano Robert Parker. Dois tintos europeus apresentam preços atraentes: o francês Duc des Nauves 2011 (R$ 89,00), produzido pelo Château le Puy, e o italiano Poggiotondo Cerro Del Masso Chianti 2011 (R$ 78,00). Num patamar um pouco mais elevado, destaca-se o espanhol Marqués de Murrieta Reserva 2007 (R$ 149,00), da Rioja, que combina quatro uvas: tempranillo, garnacha, mazuelo e graciano. A loja destaca-se ainda pelo vasto portfólio de garrafas naturais, orgânicas e biodinâmicas. Essa última categoria é representada, por exemplo, pelo célebre champanhe Jacques Selosse Initial Blanc de Blancs Brut (R$ 860,00), de produção artesanal.

    Preços checados em 11 de junho de 2014.

    Saiba mais
  • Zahil

    Avenida Octalles Marcondes Ferreira, 330, Jurubatuba

    Tel: (11) 3071 2900

    Sem avaliação

    Radicados em São Paulo, os irmãos libaneses Serge e Antoine Zahil abriram esta importadora há quase trinta anos. Em novo endereço, o imóvel reúne 300 rótulos de catorze nacionalidades, selecionados com a ajuda do especialista Jorge Lucki.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO