Transporte

Haddad é alertado a não pedalar em via para bicicleta

Em inauguração de ciclopassarela nesta quarta (20), prefeito ouviu que é perigoso passar pedalando pelo local; via suspensa liga o Parque do Povo à ciclovia da Marginal Pinheiros

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O prefeito Fernando Haddad (PT) inaugurou na manhã desta quarta-feira (20) uma ciclopassarela que vai ligar o Parque do Povo à ciclovia na Marginal Pinheiros. Ele só não esperava ser alertado que deveria descer da bicicleta para transitar pelos 180 metros da via suspensa.

+ Dez lugares para comprar bicicletas e acessórios

Um vídeo mostra Haddad e o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, incrédulos ao serem avisados que pedalar sobre a ciclofaixa é perigoso.

“Como assim?”, questiona o prefeito. “Por que perigoso”, pergunta Tatto. “A orientação da CET é que precisa empurrar”, diz o funcionário da prefeitura.

+ Prefeitura amplia ritmo de criação de ciclovias

Indignado Haddad diz que ninguém vai passar pelo lugar empurrando a bicicleta. “Faz sentido isso”, indaga o prefeito, que na sequência afirma ser uma ciclofaixa e que vai passar. “Se der algum problema, a gente volta.”

O vídeo termina com Haddad pedalando sua bicicleta sobre a ciclopassarela.

De acordo com a prefeitura, a ciclopassarela é uma contrapartida de um empreendimento instalado na região. A via possui rampas e um elevador para facilitar o acesso e foi construída com estrutura metálica, laje em concreto e guarda corpo em aço galvanizado.

+ Jardim Helena: o bairro com o maior taxa de ciclistas de São Paulo

Nos próximos dias, a partir da ciclopassarela, será concluída a conexão com um novo trecho de ciclovia, que irá até as vias para ciclistas já existentes na Avenida Brigadeiro Faria Lima e na Marginal Pinheiros.

Fonte: VEJA SÃO PAULO