Memória

Nascido há 120 anos, Victor Brecheret moldou a paisagem de São Paulo

Escultor ítalo-brasileiro estudou na escola do Liceu de Artes e Ofícios, cujo centro cultural foi atingido por um incêndio na terça (4)

Por: Mauricio Xavier - Atualizado em

Victor Brecheret
O escultor Victor Brecheret, em seu ateliê, na década de 50: projeto da fachada do Jockey Club (Foto: Acervo Fundação Escultor Victor Brecheret)

Na madrugada de terça (4), um incêndio atingiu o prédio do centro cultural do Liceu de Artes e Ofícios, na Luz, destruindo quadros, esculturas e réplicas. Construído em 1873, o espaço foi originalmente uma escola, onde o escultor Victor Brecheret, referência do movimento modernista, realizou seus estudos.

O artista nasceu há 120 anos, em 22 de fevereiro de 1894, na cidade de Farnese, na Itália. Chegou ao Brasil por volta dos 8 anos de idade e teve aulas de entalhe em gesso e mármore no ateliê durante a adolescência.

Estátua Duque de Caxias Victor Brecheret
Operários na estátua de Duque de Caxias, nos anos 50: uma das obras de Victor Brecheret (Foto: Liceu de Artes e Ofícios/Divulgação)

Após passar um período na Europa e participar de movimentos vanguardistas no início do século XX, retornou ao país para pôr em prática essas ideias. Nas instalações do próprio Liceu, Brecheret moldaria alguns de seus principais trabalhos, como o Monumento às Bandeiras, um dos cartões-postais de São Paulo, instalado no Parque do Ibirapuera (abaixo, outras de suas obras espalhadas pela cidade).

Fonte: VEJA SÃO PAULO