Cidade

Confira os horários de pico nas principais rodovias durante o feriado

Rodovias de acesso e saída à Grande São Paulo devem receber 2 milhões de veículos durante o feriado de Tiradentes, diz Artesp

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Estrada
Sistema Anchieta-Imigrantes: segundo concessionária, 790 000 veículos devem passar pela via entre quarta (20) e domingo (24) (Foto: Jorge Santos/Estadão Conteúdo)

O movimento nas rodovias paulistas deve se intensificar a partir das 15 horas desta quarta (20) para a saída do feriado de quinta (21), Tiradentes. Segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), as vias de acesso e saída à Grande São Paulo devem receber 2 milhões de veículos. A previsão é que o tráfego seja intenso até a noite e em alguns casos, como no Sistema Anchieta-Imigrantes, até o início da madrugada. Ainda, segundo a Artesp, na quinta, o movimento volta a ficar intenso a partir das 7 horas.

+ Oito lugares para viajar com até 100 reais 

Confira a previsão para as estradas e programe o melhor horário de saída:

 Anhanguera-Bandeirantes

No feriado de Tiradentes, a CCR AutoBAn, concessionária responsável pela via, espera a circulação  de aproximadamente 790 000 veículos, entre quarta (20) e domingo (24). Os horários de maior movimento no sistema Anhanguera-Bandeirantes estão previstos para esta quarta (20), das 15h às 19 h; quinta (21), das 9h às 13h e domingo (24), das 13h às 21h.

+ Oito lugares para comer cheesecake

Ayrton Senna - Carvalho Pinto

A previsão é que 916 000 a 943 000 carros trafeguem na via entre esta quarta (20) e domingo (24). O trânsito deve ser mais intenso das 15h às 18h de quarta (20) e entre 7h e 14h de quinta (21). No retorno a São Paulo, é aguardado maior fluxo de veículos entre 11h e 23h de domingo (24), segundo a Ecopistas, concessionária que administra a via.

Dutra

Segundo a CCR NovaDutra, responsável pela via, devem deixar São Paulo pela via Dutra aproximadamente 284 000 veículos, entre meia noite de quarta (20) e meia noite de quinta (21).

No trecho paulista, o tráfego deve ficar intenso entre as 16h e 20h de quarta-feira e entre 7h e 13h de quinta. No retorno, o tráfego deve ser maior no domingo, das 16h às 20h. No trecho fluminense, a previsão é de tráfego intenso entre 14h e 20h de quarta-feira e entre 7h e 13h de quinta-feira. No retorno, o tráfego deve ser maior no domingo, das 16h às 20h.

Castello Branco - Raposo Tavares

Segundo a CCR ViaOeste, são esperados 584 000 veículos durante o feriado. O movimento deve se intensificar a partir da tarde desta quarta (20), às 15h e seguir até as 21h, no sentido Interior, entre Osasco e Alphaville. Na quinta (21), entre 10h e 14h, entre Osasco e Barueri. Na volta do feriado, o trânsito se intensifica entre as 14h às 21h, entre Itu e Araçariguama.

+ Perguntas e repostas sobre mudanças na internet fixa

Régis Bittencourt

Os horários de maior movimento para a saída do feriado começará nesta quarta (20), das 16h às 22h, e na quinta (21), das 5h às 14h. No retorno do feriado, o movimento se intensifica das 15h às 22h, segundo a concessionária Arteris, responsável pela via.

+ Masp abre inscrições para programa de formação de artistas e curadores

Anchieta - Imigrantes

A previsão, segundo a Artesp é que 250 000 a 360 000 veículos deixem a capital paulista em direção ao litoral. Nos momentos de maior fluxo, são implementadas as operações de descida, das 13h, de quarta (20) até às 17h59 de quinta (21) e as de subida, entre as 17h de sábado (23) e 21h59 de domingo (24).

Durante a Operação Descida Imigrantes, os veículos que seguirem em direção ao litoral, contarão com as duas pistas da rodovia Anchieta e a pista sul da rodovia dos Imigrantes para descida da serra. A subida é feita pela pista norte da Imigrantes. Já a Operação Subida, o tráfego é feito pelas duas pistas da rodovia dos Imigrantes e a pista norte da rodovia Anchieta. A descida é feita pela pista sul da via.

Ainda, segundo a Artesp, a inversão de sentido durante as operações de tráfego, acontece apenas no trecho de serra - entre os km 40 e o km 55 da Anchieta, e do km 40 ao km 57 da rodovia dos Imigrantes.

+ Confira as últimas notícias 

Fonte: VEJA SÃO PAULO