Turismo

Punta Cana faz sucesso entre os paulistanos

Cerca de 80 000 passageiros brasileiros viajaram para praia na República Dominicana em 2012

Por: Júlia Gouveia

Punta Cana
Punta Cana: areias brancas e preços camaradas (Foto: ARCO/F. SCHNEIDE)

O espetáculo começa logo com a vista do avião: o mar, uma fusão de tons de azul com verde-água, emoldura praias de areias brancas a perder de vista. Os coqueirais, alinhados pela costa como um jardim vertical, chacoalham-se no ritmo da brisa marinha. Por lá, mais de cinquenta mega resorts disputam os hóspedes em uma batalha de mimos que pode ir de um upgrade na suíte até um jantar romântico de cortesia à beira-mar.

+ Confira galeria de imagens de Punta Cana, na República Dominicana

Punta Cana (2)
O Paradisus, da rede Meliá: cinquenta opções de resort (Foto: Divulgação)

Os predicados naturais (e artificiais) de Punta Cana, na costa leste da República Dominicana, já seriam o suficiente para entender por que a procura pelo destino cresce tanto no Brasil. Cerca de 80 000 passageiros daqui viajaram para lá em 2012 — há seis anos, o número mal chegava à casa dos 11 000 turistas. Calcula-se que 60% dos viajantes nacionais sejam do estado de São Paulo.

Em 2013, somente a CVC vendeu pacotes para aproximadamente 14 000 pessoas. Desse total, cerca de 70% das vendas ocorreram na capital. “Começamos a oferecer a região em 2009 e, hoje, Punta Cana já é o nosso segundo destino caribenho mais popular, atrás apenas de Cancún,no México”, afirma Paula Rorato, gerente de vendas da CVC. Para as férias de julho, a agência tem opções para a República Dominicana a partir de 3 300 reais por pessoa, com aéreo incluso e seis noites de hospedagem. Cancún, por um período equivalente, sai por 4 480 reais.

Apesar de ser conhecida há tempos por americanos e europeus, Punta Cana somente entrou na rota dos paulistanos com força a partir de 2009, quando a Gol lançou o primeiro voo direto do Aeroporto Internacional de Guarulhos para a ilha. A viagem, com duração de oito horas e uma escala em Caracas, na Venezuela, fez tanto sucesso que a companhia hoje opera cinco frequências semanais para lá.

Punta Cana (3)
O casal Monica e Pedro Lima, em lua de mel: 80 000 brasileiros embarcaram para o destino em 2012 (Foto: Arquivo Pessoal)

Em junho, o bilhete de ida e volta está cotado a 1 035 reais. As ótimas praias e a boa infraestrutura fazem o lugar ser muito procurado por famílias com crianças ou casais em lua de mel. Em março, dois dias depois de subirem ao altar, os paulistanos Monica e Pedro Lima embarcaram para essa região do Caribe. Esbaldaram-se durante doze dias. “Queríamos descansar após a correria da festa”, explica Monica. “Pesquisamos algumas praias no Nordeste, mas percebemos que gastaríamos praticamente o mesmo valor em uma viagem para Punta Cana. Valeu a pena.”

GUIA BÁSICO

COMO CHEGAR: a Gol é a única que voa direto desde São Paulo. Outras opções com conexões: Copa Airlines, Avianca, Lan e American Airlines.

DOCUMENTO: passaporte. Não é preciso visto, mas na chegada ao país é cobrada uma taxa de turismo de 10 dólares.

MELHOR ÉPOCA: do Natalà Páscoa, mas a alta temporada eleva os preços.

QUEM LEVA: na CVC, os pacotes para o mês de julho custam a partir de 3 300 reais por pessoa, com aéreo e seis noites de hospedagem. Outras opções de operadora: Agaxtur, Nascimento e New Age.

Fonte: VEJA SÃO PAULO