Eleições

Vereadores migram para Brasília e para a Assembleia Legislativa

Saiba quem são os vereadores eleitos para a Câmara dos Deputados e para a Assembleia Legislativa

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Sete vereadores de São Paulo deixarão a Câmara Municiapal após terem se elegido para cargos no Lesgilativo estadual e federal. Dos 55 parlamentares da cidade de São Paulo, dezessete participaram da corrida eleitoral. 

Entre os vereadores que venceram nas urnas, Coronel Telhada (PSDB) e Roberto Tripoli (PV) estão na lista dos cinco deputados estaduais mais bem votados de São Paulo. Com propostas que defendem uma polícia mais linha dura, Telhada teve mais de 250 000 votos e conseguiu o segundo lugar no ranking. Defensor dos animais e dos idosos, Tripoli teve mais de 230 000 votos e conseguiu o quarto lugar. O deputado mais votado, com mais de 300 000 votos, foi Fernando Capez (PSDB), procurador de Justiça que apresentou uma plataforma contra a violência das torcidas organizadas e a máfia do lixo.

+ Acompanhe ao vivo as eleições

Além de Tripoli e Telhada, migraram para a Assembleia Legislativa de São Paulo os vereadores Marta Costa (PSD), Coronel Camilo (PSD) e José Américo (PT). Floriano Pesaro (PSDB) e Goulart (PSD) elegeram-se para a Câmara dos Deputados. Gilberto Natalini (PV) e Laercio Benko (PHS) tentaram a vaga ao governo do estado, mas ficaram respectivamente em quarto e sexto lugar na disputa.

Wadih Mutran
Wadih Mutran (PP): volta para a Câmara Municipal (Foto: Tuca Vieira/Folhapress)

Com a saída dos vereadores, alguns velhos conhecidos voltam a ocupar cadeiras na Câmara. Wadih Mutran (PP) é um deles. Com passagens pela Casa que somam trinta anos, Mutran pode ser visto como representante-mor da política clientelista da Câmara, por doar cadeiras de rodas e ter uma frota de ambulâncias para transportar pessoas gratuitamente. Em entrevista à VEJA SÃO PAULO, em 2012, defendeu-se: "O meu salário vai para o povo. Ajudo mesmo”.   

Câmara Municipal: orgulho clientelista, gula salarial e outros pecados

Também ficou famosa a explicação para ter dobrado seu patrimônio em quatro anos. Em 2012, ele afirmou ter ganho na loteria, o que justificava seu aumento patrimonial de R$ 1,9 milhão em 2008 para R$ 3,8 milhões em 2012. 

Confira quem entra e quem sai na Câmara Municipal:

Saem

Goulart (PSD) - deputado deferal 

Coronel Telhada (PSDB) - deputado estadual 

Floriano Pesaro (PSDB) - deputado federal 

Coronel Camilo (PSD) - deputado estadual

José Américo (PT) - deputado estadual 

Marta Costa (PSD) - deputado estadual

Roberto Trípoli (PV) - deputado estadual

Entram

Wadih Mutran (PP)

Salomão Pereira (PSDB)

Anibal de Freitas ( PSDB)

Jonas Camisa Nova (DEM)

Adolfo Quintas (PSDB)

Abou Anni (PV)

Fonte: VEJA SÃO PAULO