Calor

Dez lugares molhados para se refrescar no verão

Dias de folga e calor em São Paulo combinam com piscinas e toboáguas para adultos e crianças

Por: Mariana Bernun - Atualizado em

Wet’n Wild - Mega Water Play
O complexo de tobogãs, plataformas e duchas: para crianças com mais de 6 anos (Foto: Divulgação)

Férias ou fins de semana de folga em uma São Paulo ensolarada não precisam ser sinônimo de tortura. À disposição do paulistano que não conseguiu ir ao litoral, há clubes com lazer completo, parques aquáticos próximos da metrópole e hotéis que dão direito ao uso da piscina sem a necessidade de se hospedar.

O Hilton, por exemplo, oferece o pacote Day Use, onde, das 6h às 22h, a piscina de 15 metros de comprimento e 1,20 metro de profundidade pode ser utilizada. O cliente ganha direito também ao uso de equipamentos para musculação e exercícios cardiovasculares, sala de ginástica, sauna seca (masculina e feminina), hidromassagem e à grade de aulas da semana, que inclui ioga e pilates. Para utilizar os serviços, pagam-se 98 reais, de segunda a sexta, e 75 reais, nos fins de semana e feriados, quando não há grade de aulas e o horário é reduzido: das 9h às 19h.

O Hyatt oferece um dia no Spa Amanary, por 80 reais, com direito ao uso de piscinas internas (aquecidas) e externa, sauna seca, fitness center, toalhas, roupões e chinelos.

Se a preferência for por lugares ao ar livre, a dica são os clubes. O Sesc Interlagos, por exemplo, conta com uma área de 500000 metros quadrados, incluindo três piscinas: infantil, média e olímpica. A entrada para os não-associados varia de acordo com a idade, entre 1,5 e 7 reais. É obrigatório fazer o exame médico, que sai por 6 reais para adultos. Idosos a partir de 60 anos e crianças de 4 a 11 anos pagam 3 reais. A unidade fica aberta de quarta a domingo, e nos feriados, das 9h às 17h.

O Wet’n Wild, em Itupeva, a 70 quilômetros da cidade de São Paulo, oferece 22 atrações dentro da água, com descidas em toboáguas em alta velocidade.

Outra boa pedida é o Viva Parque, em Juquitiba, a 70 quilômetros da capital. O local reúne cinco piscinas e toboáguas radicais como o Ultra Red, que tem descida de 100 metros de altura.

Fãs de esportes náuticos encontram seu paraíso na Marreco Wake School, que ensina wakeboard (a pessoa desliza sobre uma prancha, puxada por uma lancha). Na alta temporada, o curso de destaque é a Clínica de Verão. A escola fica em Jaguariúna, a 113 quilômetros de São Paulo.

Veja abaixo lugares para se refrescar no verão:

Fonte: VEJA SÃO PAULO