Beleza

Como reparar os cabelos danificados pelo verão

O cabeleireiro das estrelas Marco Antonio de Biaggi e outros profissionais dão dicas para quem passou do ponto sob o sol

Por: Bruna Gomes e Gabriela Simionato - Atualizado em

Marco Antônio de Biaggi e Marina Ruy Barbosa
Marco Antônio de Biaggi e Marina Ruy Barbosa (Foto: Divulgação)

Dias de sol são perfeitos para se jogar na praia ou na piscina. Mas, se o bronzeado fica impecável, o cabelo geralmente reclama. Problemas com fios esverdeados, quebradiços ou ressecados são reclamações comuns nos salões no verão.

Alguns cuidados podem ser tomados em casa. Os especialistas Marco Antonio de Biaggi (MG Hair), Denylson Azevedo (Jacques Janine), Luis Silva (Studio Lorena) e Bruno Di Maglio (Espaço 1838) dão dicas para se prevenir e recuperar a cabeleira.

- Fuja do secador. No verão, faça tranças largas na hora de dormir. “No dia seguinte, o efeito é aquela cascata de cachos no melhor estilo Gisele Bündchen”, afirma Marco Antonio de Biaggi.

- Proteção solar é essencial. As pessoas usam o produto na pele e nos lábios, mas acabam se esquecendo do cabelo. “Uma hora de exposição ao sol pode destruir os fios e mandar por água abaixo a fortuna que a pessoa gastou no salão de cabeleireiro”, explica Biaggi. A dica é usar e abusar dessa nova geração de sprays e geleias específicos, que devem ser reaplicados a cada 4 horas.

- Use xampu com protetor solar e máscara de hidratação por dois ou três minutos durante o próprio banho.

- Cabelo preso estraga menos no verão. Para não perder o charme e se proteger, a dica é usar trancinhas de raiz puxadas em um rabo de cavalo bem alto. “É sexy, deixa o pescoço à mostra e fica um charme se finalizado com uma flor”, explica Biaggi. Vale tudo, menos brilhos e cristais, considerados cafonas.

- Use condicionador sem enxágue. Para uma hidratação profunda, os mais indicados são os produtos que tenham na fórmula óleo de abacate e manteiga de karité.

- Fuja das colorações semipermanentes que saem em três ou quatro mergulhos. Use a coloração permanente normal.

- Evite os cremes de reconstrução, pois eles podem enrijecer demais os fios nessa época.

- Use xampus com componentes específicos para quem frequenta piscina e praia, pois eles bloqueiam a ação dos raios solares e cuidam dos fios.

 

NO SALÃO

Algumas sugestões valem para a hora de encarar o cabeleireiro:

- Se os fios são loiros e ficaram esverdeados por causa do cloro da piscina, uma grande dica é fazer hidratação no vapor. Primeiro, o profissional lava os cabelos com xampu de limpeza profunda, depois, passa uma máscara potente e deixa no vapor. Valor: 110 a 200 reais

- Se as pontas estão quebradiças em razão da piscina ou do mar, o que é normal, e você não quer ficar de cabelo curto, peça ao cabeleireiro para fazer um repicado por cima, sem tirar muito do comprimento, apenas um dedinho ou dois. Valor: 185 a 280 reais

- No verão, se o desejo é clarear os cabelos, o ideal é optar pelas mechas com dois ou três tons de loiro, ao invés da coloração monocromática. Se o cabelo for ondulado ou crespo e a cor for única, há grandes chances de surgir o efeito palha tão indesejado. Valor: 200 a 550 reais

- A escova-cauterização, conhecida como plástica capilar, também é indicada. A principal função é recuperar a elasticidade dos fios, tirar as escamas, suavizar as pontas duplas e eliminar o frizz. Valor: 125 a 400 reais

- Tratamentos instantâneos feitos com ampolas à base de óleos, vitamina E ou antioxidantes são boas opções. Valor: 120 a 300 reais

- A esfoliação capilar purifica o couro cabeludo, remove resíduos da praia e da piscina e faz com que o cabelo cresça mais saudável. Valor: 180 a 400 reais

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO