Roteiro

Veja São Paulo Recomenda

Os melhores programas culturais e gastronômicos da cidade entre 10 e 17 de julho

Por: Veja São Paulo

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

As escolhas dos críticos de VEJA SÃO PAULO desta semana:

 

  • A mais esperada atração da temporada de dança do Teatro Alfa deste ano entra em cena a partir de sexta (15/7). Trata-se do Ballet de Santiago, companhia com mais de cinco décadas de história no Chile e versada em balé clássico. À frente do elenco, aparece a experiente diretora brasileira Márcia Haydée. Nome poderoso da dança nacional, a fluminense tem extensa carreira estrangeira — trabalhou com figuras-chave da área, a exemplo de John Cranko e Maurice Béjart. O público paulistano poderá ver a montagem Zorba, o Grego, baseada no romance de Nikos Kazantzakis, que narra as aventuras do personagem-título junto do colega Basil e virou um famoso filme nas mãos de Michael Cacoyannis, em 1964. Assinada por Lorca Massine, a coreografia mescla passos clássicos com outros estilos. Números coletivos prometem envolver a plateia. Um clima alto-astral surge com a animada trilha sonora, formada por composições de Mikis Theodorakis, as mesmas presentes no longa-metragem. Dias 15, 16, 17/7/2016.
    Saiba mais
  • Quando estreou, em 1934, no Teatro Mikhailovsky, de São Petersburgo, na Rússia, a ópera Lady Macbeth do Distrito de Mtsensk, de Dmitri Shostakovich, foi um sucesso de público. O mesmo não aconteceu na apresentação seguinte, no Teatro Bolshoi, em Moscou. Na plateia, Josef Stalin foi só críticas: para ele, a obra era um desprezível folhetim burguês. Banida do país, ela só voltou ao cartaz em 1962, quando passou a ser encenada em outros cantos do mundo. Na montagem exibida no Teatro Municipal, todo o elenco é russo. São dezoito artistas da Ópera Helikon de Moscou, incluindo o diretor musical e regente, Vladimir Ponkin, e a soprano Elena Mikhaylenko, que dá vida à protagonista, uma senhora casada que se apaixona por um funcionário da família. Para viver o romance, ela mata seu marido e também o sogro. De 12 a 17/7/2016.
    Saiba mais
  • Raras vezes o teatro se volta para um universo tão masculino. Sob a direção de Sergio Módena, o drama de Marcos Nauer e Teresa Frota tem elementos típicos dos folhetins. Stênio Garcia é Caleb, o patriarca de um clã de lutadores que motivou os herdeiros a investir na mesma carreira. Diagnosticado com um câncer, organiza um campeonato na tentativa de corrigir seus erros. Para isso, reencontra o neto perdido (Nauer) e o reaproxima do pai alcoólatra (Antonio Gonzales), que é brigado com o outro filho (Daniel Villas) e o próprio irmão (Gláucio Gomes). Vigoroso aos 84 anos, Garcia encontra boa parceria principalmente em Stella Freitas, a mulher de Caleb, a única figura feminina relevante no enredo. Estreou em 17/6/2016. Até 31/7/2016.
    Saiba mais
  • Carnes

    Fleming’s

    Avenida Cidade Jardim, 318, Jardim Paulistano

    Tel: (11) 3037 7347

    VejaSP
    Sem avaliação

    É o primo rico do Outback Steakhouse, com ambiente mais formal. Garçons atenciosos explicam o cardápio com riqueza de detalhes. Entre os cortes de gado black angus, o new york strip (R$ 95,00) e o ribeye (R$ 95,00) saem da grelha bem tostados e úmidos no centro. Se você se preocupa com comida mais leve, pule acompanhamentos como a batata laminada com cheddar (R$ 33,00) e escale a vagem picante (R$ 28,00). A boa seleção de vinhos pode ser escolhida em taça ou em garrafa. Parecida com as originais americanas, a cheesecake (R$ 27,00) arremata. No almoço de segunda a sexta, há um menu por R$ 69,00, sem a sobremesa.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Chope e cerveja

    C.O.D – Craft on Draft

    Rua Alagoas, 900, Higienópolis

    Tel: (11) 3938 5977

    VejaSP
    Sem avaliação

    Uri Benedykt é um cara que manja das coisas. De chope, ao menos. Forneceu a bebida, foi consultor de bares e participou da recente expansão de torneiras de cerveja pela capital. Com esse know how, abriu em junho este quase botequim em Higienópolis, fora do circuito cervejístico Pinheiros/Perdizes. Em treze bicos, revezam-se opções nacionais e gringas. Quer dizer, dois deles são reservados para os líquidos da casa: o c.o.d pilsen (R$ 8,50, 300 mililitros) e o c.o.d IPA (R$ 15,20, 300 mililitros), mais baratos que muitos chopes “qualquer coisa” por aí.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Docerias

    Isabel Bem Casados

    Rua Coronel Melo Oliveira, 606, Perdizes

    Tel: (11) 4798 1078

    VejaSP
    Sem avaliação

    Só pelo nome do lugar, já dá para saber qual é a especialidade de Isabel Marques. De fato, a quituteira da Pompeia, que por dezoito anos atendeu somente por encomenda, faz bem-casados ótimos, de massa fofinha e recheio farto (R$ 3,00). Mas ela não fica só nisso na pequena loja de apenas sete lugares que abriu três meses atrás junto com o filho, Rodolfo. Sua vitrine acomoda bolos com bastante recheio e cobertura (o de nozes e o de leite Ninho saem a R$ 8,00 a fatia), tortinhas de limão com um agradável azedinho (R$ 7,00) e cannoli de massa leve e recheios pouco ortodoxos. Uma das versões leva Nutella com castanha (R$ 7,00) e outra, uma pastosa combinação de ricota, limão e canela (R$ 6,00). Saem-se melhor os de creme pâtissier (R$ 6,00), sem exagero de açúcar, e de ganache de chocolate (R$ 7,00). Na seleção de gulodices feitas por Isabel, há ainda pão de mel, pudim, brigadeiro, bala de ovos... O café, servido para acompanhar tudo isso, é daqueles de cápsula (R$ 5,00), mas dá para pedir no lugar dele um gostoso chocolate quente (R$ 6,00).

    Preços checados em 5 de julho de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO