Roteiro

Veja São Paulo Recomenda

As indicações dos melhores programas da cidade segundo nossos críticos

Por: Veja São Paulo

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Programas culturais e as melhores pedidas gastronômicas da semana:

  • Dias antes de partir para a América Latina com a turnê Olé, Mick Jagger questionou os fãs latinos (com direito a uma mensagem exclusiva em português) sobre quais músicas gostariam de ouvir. Na enxurrada de respostas, as clássicas predominaram: Start Me Up, Sympathy for the Devil, It’s Only Rock’n’ Roll... but I Like It. Sim, elas fizeram parte dos sets no Chile, na Argentina e no Uruguai, por onde os Rolling Stones passaram antes de vir ao Brasil. Mas a expectativa agora é saber qual raridade está reservada para o público paulistano. Dois motivos para justificar a ansiedade: os argentinos ouviram Anybody Seen My Baby? e os chilenos curtiram She’s a Rainbow, ambas não tocadas desde 1998. Quem garantiu afoito seu ingresso ou disputa as entradas restantes para quarta (24/2) pode esperar por um espetáculo grandioso, daquele para ser aproveitado como se fosse o último da banda por aqui. Os Titãs abrem as duas noites. Dias 24 e 27/2/2016. Atenção: ainda restam ingressos para o dia 24, no setor 3, por 600 reais, direto na bilheteria. Fique de olho: pelo site, a taxa de conveniência é de 120 reais mais 12 reais de taxa de entrega.
    Saiba mais
  • Não espere até 2022 — data para a qual está prometida a reabertura do Museu do Ipiranga — para revisitar o seu acervo e matar a saudade. Passe na Pinacoteca, que pegou emprestadas de lá cinquenta obras emblemáticas. A parceria entre ambos é antiga: o nascimento da Pina, em 1905, só foi possível porque o Museu Paulista doou a primeira leva de obras para compor sua coleção. Quadros de grandes dimensões como A Colheita, de Antonio Ferrigno, estão agora divididos em quatro temáticas: paisagem rural, história bandeirante, transformação da paisagem urbana de São Paulo e representações do Museu do Ipiranga. As salas estão localizadas nos quatro cantos do 2o andar, o que quase impossibilita um trajeto lógico, mas convida a uma andança inesquecível por um dos melhores acervos do país. Até 30/1/2017.
    Saiba mais
  • Emma Donoghue é autora do livro Quarto e também roteirista do drama. Brie Larson, a jovem estrela de 26 anos, levou o Oscar de melhor atriz e interpreta uma mulher cuja rotina consiste em cuidar 24 horas do filho. Quando um homem aparece em seu espaço diminuto (com quarto, cozinha e banheiro), a mãe põe Jack para dormir no armário. Aos 5 anos, ele começa a entender a existência de um mundo lá fora. Mas o que leva a dupla a permanecer o tempo todo em casa? Convém não ir adiante. Dividida em duas partes, a história aborda a superproteção materna e as poéticas descobertas de Jack, interpretado pelo talentoso Jacob Tremblay, a grande surpresa mirim da temporada. Estreou em 18/2/2016.
    Saiba mais
  • Cozinha variada

    La Reina

    Rua Joaquim Antunes, 621, Pinheiros

    Sem avaliação
  • Chope e cerveja

    Choperia São Paulo

    Rua dos Pinheiros, 315, Pinheiros

    Tel: (11) 3360 5101 ou (11) 3062 1404

    VejaSP
    Sem avaliação

    Este é um daqueles estabelecimentos que entregam a proposta logo no nome. Situado em uma esquina da Rua dos Pinheiros, serve vinte chopes de pequenos produtores de origem (adivinhe só) paulista. Uma dessas cervejarias é a Júpiter, fundada por um dos sócios do bar, David Michelsohn. Por isso, embora a oferta local seja rotativa — regra quando se trata das novas choperias da capital —, é difícil faltar o Júpiter APA, em copo de 190, 290 ou 580 mililitros (R$ 12,00, 16,00 e R$ 27,00). É uma bebida de alta drinkability, algo como “bebibilidade”. Traduzindo: dá para tomar o dia todo sem dizer “chega”.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Sorveterias

    Praça Rochinha

    Avenida Pavão, 840, Moema

    Tel: (11) 3457 9000

    VejaSP
    Sem avaliação

    Da fábrica em São José dos Campos, saem remessas semanais de sorvetes que enchem as cubas desta bonita loja. Prevalecem versões de massa à moda antiga, mais compactas, que aparecem em sabores como cereja amarena, milho verde e doce de leite, vendidos no sistema self-service (R$ 69,90 o quilo). Os picolés da marca, nascida em São Sebastião, são feitos em 27 sabores como coco com abóbora e abacate (R$ 6,00 cada um).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO