Roteiro

Veja São Paulo Recomenda

Boas indicações de filme, show, peça de teatro e endereços gastronômicos

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Os críticos de Veja São Paulo sugerem os melhores programas da cidade:

 

  • Ator reconhecido, Otávio Martins comprovou talento para a escrita no monólogo Mediano (2009) e na comédia Caros Ouvintes (2014). Com esse drama, o autor e também diretor recorreu a um intimismo abstrato capaz até de confundir o espectador em busca de histórias mais palatáveis. Vencida a estranheza inicial, no entanto, a exigente trama envolve o espectador de tal forma que o conduz a uma reflexão existencial. Em uma noite de Réveillon, um rapaz (vivido por Giovani Tozi) e a ex-namorada (interpretada por Guta Ruiz) aguardam uma terceira pessoa. Trata de um setentão ranzinza (representado por Luiz Damasceno), que, ao lado da moça, surge ali para esclarecer ao jovem algumas questões que podem definir seu futuro. Para ganhar a cumplicidade da plateia, Martins criou uma encenação de efeitos plásticos e aproveita as possibilidades do trio de atores em nome do resultado. Enquanto Tozzi constrói um tipo atônito e Damasceno surge com a habitual desenvoltura, a surpresa fica por conta de Guta, que reforça a veia enigmática da personagem apoiada em uma imagem sensual e atemporal. Estreou em 19/10/2015. Até 20/12/2015.
    Saiba mais
  • O cantor Arnaldo Antunes mostra A Casa É Sua, uma versão mais intimista das suas performances. No repertório, Não Vou Me Adaptar, Saiba e as faixas do disco Já É. Dia 18/10/2016. No sábado (29), o cantor se apresenta gratuitamente no Sesc Campo Limpo. O show leva o repertório do disco Já É, com a versão normal da apresentação. Dia 29/10/2016.
    Saiba mais
  • Policial / Suspense

    Olhos da Justiça
    VejaSP
    5 avaliações
    Quando Hollywood faz um remake de algum filme europeu, asiático ou sul-americano, as chances de acerto são escassas. Não é o que ocorre, porém, com esta versão americana de O Segredo dos Seus Olhos, vencedor do Oscar de produção estrangeira em 2010. O argentino Juan José Campanella, diretor do longa-metragem original, é o produtor executivo deste novo trabalho, que manteve a estrutura de suspense e o enredo bastante similar ao da matriz. Saiu de cena o contexto da ditadura na Argentina nos anos 70 para entrarem as suspeitas de terrorismo nos Estados Unidos após os atentados de 2001. Ray Kasten (Chiwetel Ejiofor) e Jess Cooper (Julia Roberts) são investigadores de Los Angeles. Ambos acabam separados depois de uma fatalidade se abater sobre a vida deles. Uma jovem foi estuprada e morta e tem ligação com um dos personagens — mas não convém revelar detalhes. Em 2015, Ray, afastado da polícia e da cidade, acredita ter encontrado o assassino. Além de Ejiofor (indicado ao Oscar por 12 Anos de Escravidão) e Julia (de cara limpa e ótima atriz), Nicole Kidman também tem bons momentos na pele da promotora Claire, a quem Ray pede ajuda para reabrir o caso. Tensão constante, reviravoltas plausíveis e desfecho polêmico arrematam uma trama de não piscar os olhos. Estreou em 10/12/2015.
    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    A Casa do Porco Bar

    Rua Araújo, 124, Centro

    Tel: (11) 3258 2578

    VejaSP
    6 avaliações

    São José do Rio Pardo, Mococa, São Sebastião da Grama, Sorocaba... Os porquinhos servidos no bar‑restaurante têm origem caipira, a mesma do chef Jefferson Rueda. Esse rio‑pardense roda pelo interior e acompanha o processo de produção dos pratos desde a criação dos animais— o cardápio, como se ninguém soubesse, é voltado para a carne de porco. Profissional talentoso e com experiência em casas bacanudas, Rueda não tem medo de servir receitas de alta gastronomia no ambiente para lá de descontraído. Quase uma obra‑prima suína, o porco em cinco versões traz o bicho em pequenas peças: leitão de leite, medalhão em bacon, barriga crocante, linguiça e codeguim, tudo envolto pela redução do caldo. O cozinheiro também apresenta saborosas divagações à fast‑food, como o temaki de carne suína curada (R$ 23,00). Se dá certo? Olhe só a fila formada na porta nos sete dias da semana e terá a resposta.

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais
  • Franceses

    Valero

    Avenida Lineu de Paula Machado, 1263, Cidade Jardim

    Tel: (11) 3031 7979

    VejaSP
    Sem avaliação

    Os monumentais salões da sede do Jockey Club de São Paulo voltaram a brilhar. Após um longo período de decadência, o edifício foi ocupado pelo chef francês Pascal Valero e sua sócia, Milva Lopes. A dupla montou o negócio depois de promover um cuidadoso processo de restauração do prédio tombado. Cozinheiro experiente que trabalhou com Alain Ducasse, em Monte Carlo, e mais recentemente no Kaá e no NB Steak, Valero coleciona acertos como o steak tartare (R$ 48,00), que tem uma versão selada na chapa. De companhia, ganha molho de mostarda e pimenta e fritas rústicas. Outro clássico, o confit de pato vem com a carne da coxa e da sobrecoxa oculta sob a pele tostada e crocante. O prato é valorizado pelo molho rôti e por batata sautée em rodelas. Custa R$ 75,00. Para atrair maior número de paladares, nem todos os itens são da França. Entre as intromissões de outras nacionalidades está um ceviche nada peruano, preparado com robalo, molho cítrico suave, maçã verde e tomate (R$ 34,00). Há também uma seção de risotos e massas, que inclui um tortelli recheado de queijo brie ao molho de manteiga e sálvia com damasco (R$ 47,00). De sobremesa, o paris-brest (R$ 19,00), uma carolina grande, leva creme de avelã no interior. Nos fins de semana, oferece brunch por R$ 98,00.

    Preços checados em 2 de março de 2016.

    Saiba mais
  • Sorveterias

    Dolci Magie

    Rua João Cachoeira, 289, Itaim Bibi

    Tel: (11) 4371 6244

    VejaSP
    Sem avaliação

    Andrea Beccaria nasceu em Roma e, junto de dois conterrâneos, abriu a sorveteria no ano passado. Ele se vale de boa dose de criatividade para sobressair ao preparar versões como a de manjericão e de arroz-doce, além da combinação de ricota, pera e lascas de chocolate. Faz também sorvetes mais triviais, como pistache, além de opções sem açúcar e sem lactose. Por qualquer escolha, pagam-se R$ 11,00 (o copinho) e R$ 15,00 (o copo grande).

    Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO