Cidade

Pista da Marginal Tietê é parcialmente liberada após vazamento de gás

Risco de explosão foi descartado pela Comgás; o problema foi causado por uma obra para a instalação de fibra ótica na região

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Vazamento de gás na Marginal Tietê
Após vazamento de gás, equipes da Comgás, dos bombeiros e da CET interditaram pista da Marginal Tietê no sentido Castello Branco (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

O trânsito na pista local da Marginal Tietê foi parcialmente liberado por volta das 13h10 desta quarta-feira (23). Um vazamento de gás natural por volta das 2 horas interditou a via. No momento, duas das quatro faixas continuam fechadas. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) afirma que o trânsito continua complicado na região.

+ Loja do Metrô começa a funcionar hoje

A Comgás já fez o reparo. Entretanto, ainda falta fechar o buraco. A CET acredita que a via esteja totalmente liberada até amanhã. Ainda é possível sentir um forte cheiro de gás no local.

Segundo a Comgás, o problema foi causado por uma obra de empresa contratada pela CET para a instalação de fibra ótica na região. O risco de explosão, anteriormente considerado, foi descartado.

Ainda de acordo com a Comgás, cerca de 250 usuários ficaram sem fornecimento de gás nesta manhã para que o problema fosse resolvido.

Logo após o início do vazamento, a CET interditou a pista local da Marginal Tietê, sentido Castello Branco, a 300 metros da ponte Cruzeiro do Sul - bem em frente à rodoviária do Tietê. A entrada e saída dos ônibus por lá também foi prejudicada. A Socicam, empresa responsável pela administração do terminal, registrou atrasos de até 2 horas para o embarque. Entretanto, a situação já foi normalizada no local.

Fonte: VEJA SÃO PAULO