Cultura

Vale-Cultura poderá ser usado para pagar ingressos, livros e cursos

Ministério da Cultura divulga as primeiras regras de utilização do programa, que dará R$ 50,00 por mês aos trabalhadores

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Livraria Cultura - Conjunto Nacional
Interior da Livraria Cultura, no Conjunto Nacional (Foto: reprodução)

O Ministério da Cultura publicou nesta sexta (6) uma portaria com o primeiro conjunto de regras de utilização do Vale-Cultura, programa que dará R$ 50,00 mensais a trabalhadores para gastos com bens culturais.

Os beneficiados receberão um cartão magnético, válido em todo o país, com o valor e poderão usá-lo para pagar ingressos de shows, teatro, cinema, museus e circo, para alugar ou comprar filmes, CDs, DVDs, revistas e jornais, ou fazer a matricula em cursos de artes, dança, fotografia e música, entre outros _confira a lista completa de produtos e serviços abaixo.

Podem obter o cartão trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos, e serão descontados pequenos valores de sua remuneração, de acordo com a faixa salarial: de R$ 2,00 a R$ 5,00. No entanto, é preciso que as empresas interessadas façam a adesão no Ministério Público. A habilitação estará disponível a partir de 7 de outubro.

Benefícios

  • Ingressos: shows, teatro, cinema, museus e espetáculos de circo
  • Cursos: artes, audiovisual, dança, circo, fotografia, música, literatura ou teatro
  • Aluguel ou compra: CDs, DVDs, livros, revistas e jornais, equipamentos de artes visuais e instrumentos musicais

Fonte: VEJA SÃO PAULO