Saúde

Vacina contra gripe é prorrogada até dia 14 de junho

Cerca de 8 milhões de pessoas foram imunizadas até o momento em todo o Estado

Por: Redação VEJA SÃO PAULO

Vacina
Vacinação contra a gripe é prorrogada até o dia 14 de junho (Foto: Thinkstock)

Quem ainda não tomou a vacina contra a gripe tem mais alguns dias para se previnir. A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo prorrogou a campanha de vacinação até o dia 14 de junho. Segundo um balanço realizado pelo órgão, desde o início do programa até esta segunda (3), 8,1 milhões de pessoas foram imunizadas em todo o Estado.

A campanha é destinada a idosos com mais de 60 anos, grávidas e mulheres que deram à luz em até 45 dias, doentes crônicos, indígenas, profissionais da área da saúde e crianças de seis meses a dois anos, que devem tomar duas doses, sendo a segunda dada 21 dias após a primeira aplicação.

O estado é lider no número de mortes por gripe H1N1 em todo o Brasil. De acordo com o Ministério da Saúde, 55 pessoas morreram em cidades do Estado, até 12 de maio. Em 2012, foram registradas 74 durante todo o ano.

Além da prorrogação da campanha de vacinação contra a gripe, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo distribuiu cerca de 2 milhões de doses do antiviral Oseltamivir (popularmente conhecido como Tamiflu) para os municípios paulistas. A ação faz parte do combate às síndromes virais graves, que se intensificam nessa época do ano, como a gripe influenza A (H1N1).

A distribuição do medicamento ocorre em versões adulta e infantil. A ação é destinada aos pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG), podendo ser prescrito pelo médico responsável pelo atendimento nas unidades de saúde de cada município. Segundo a Divisão de Doenças Respiratórias da Secretaria, a droga diminui a carga viral no paciente e a duração dos sintomas, melhora o prognóstico da doença e impacta diretamente na baixa de casos de óbitos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO