Cidade

Usuário de crack ganhará 15 reais por dia de trabalho

Prefeitura terá programa para inserir moradores da cracolândia no mercado de trabalho

Por: Redação VEJASAOPAULO.com - Atualizado em

Aglomeração de usuários de crack, na Cracolândia 2223
Centro da cidade: aglomeração de usuários de crack (Foto: Juca Varella/ Folhapress)

Depois de várias tentativas fracassadas de resolver a questão da cracolândia - nome pelo qual ficou conhecido o bairro da Luz, no centro de São Paulo, repleto de usuários de crack - a prefeitura de São Paulo tem uma nova estratégia para o problema. A Secretaria de Segurança Urbana vai oferecer trabalho remunerado e inserir os viciados em programas de recuperação profissional. O salário será de 15 reais por dia de serviço.

O usuário terá de cumprir quatro horas de expediente na área de zeladoria urbana (limpeza de parques e praças, por exemplo) e mais duas horas em cursos profissionalizantes. 

+ Usuários de drogas erguem favela na Cracolândia

Além do dinheiro, a prefeitura vai dar também itens de higiene básica, vale-transporte e as três refeições diárias - mas só para os que trabalham. Inicialmente, o programa beneficiará 400 pessoas.

+ O que você acha do site da Vejinha? Responda aqui 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO