Educação

USP pede reintegração de posse da reitoria

Justiça pode autorizar polícia a expulsar alunos do prédio

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

A USP encaminhou à Justiça um pedido de reintegração de posse da reitoria, ocupada desde terça-feira por estudantes. O processo foi distribuído ontem e está na 12ª Vara da Fazenda Pública, nas mãos da juíza Paula Micheletto Cometti. Se o pedido for acatado, a universidade pode solicitar reforço policial e retirar os alunos do prédio a qualquer momento. 

O estudantes reivindicam principalmente eleições diretas para reitor e participação maior no Conselho Universitário (CO). A USP mudou o processo eleitoral para a escolha do reitor, mas as eleições continuam indiretas. O mandato de João Grandino Rodas acaba em janeiro de 2014. Ainda neste mês um sucessor deve ser escolhido. 

Em novembro de 2011, após uma ocupação que durava uma semana, 400 homens da Tropa de Choque da Polícia Militar retiraram mais de setenta alunos da reitoria. Muitos deles foram detidos e depois soltos. Um ano depois, foram indiciados pelo Ministério Público por formação de quadrilha, dano ao patrimônio e crime ambiental. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO