Educação

USP vai adotar Enem para preencher 13,5% das vagas

Conselho Universitário da instituição tomou decisão nesta terça (23). A maioria das vagas segue ofertada pela Fuvest

Por: Estadão Conteúdo

ECA USP
USP: 13,5% das vagas pelo Enem (Foto: Divulgação)

O Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (USP), instância máxima da instituição, definiu na tarde desta terça-feira (23) a inclusão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso para 13,5% das vagas. Parte dessas, que representa 10% do total, será reservada para alunos de escola pública. Negros, pardos e indígenas terão 2% das vagas.

+ 'Cidade Alerta' mostra policial atirando em fugitivos após perseguição

A maioria das vagas (86,5%) continuará tendo ingresso pelo vestibular da Fuvest, cujo sistema de bonificação para alunos de escola pública e negros e indígenas continua valendo. Dez das 42 unidades não terão acesso pelo Enem, entre elas a Faculdade de Medicina, a Escola Politécnica e Escola de Comunicação e Artes.

Na votação, 91 membros do conselho votaram favoravelmente à proposta, dez contra e um se absteve. Representantes dos alunos tentaram adiar a votação para maior discussão, mas foram voto vencido.

+ Acompanhe as últimas notícias da cidade

Das 11 057 vagas, 1 499 estarão no sistema de seleção unificada (Sisu), que sistematiza vagas para quem fez o Enem. Dentro do Sisu, 1 159 serão para alunos de escola pública, sendo que 225 dessas para negros e indígenas. O restante, 340, serão de ampla concorrência.

Fonte: Estadão Conteúdo