Música

Clubes vizinhos participam da festa de despedida do Studio SP

Ícone do Baixo Augusta, casa fecha as portas nesta quinta (2) com shows de Tulipa Ruiz, Criolo e Emicida; ingressos estão esgotados

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O Studio SP vive o seu último dia. A casa, que nasceu em um sobrado da Vila Madalena em 2005 e migrou para a Rua Augusta em 2008, celebra o fim do ciclo nesta quinta, 2 de maio, com uma edição especial da Seleta Coletiva. Os ingressos se esgotaram apenas três horas após a abertura da bilheteria, na quinta (25).

+ Studio SP anuncia festival de música brasileira para 2014

Liderado pelo produtor Daniel Ganjaman, o projeto Seleta Coletiva –em cartaz na casa por sete anos– vai reunir agora Criolo, Emicida, Tulipa Ruiz, Kamau e as bandas Metá Metá e Instituto. O encontro também será gravado para o documentário sobre o clube, dirigido pela atriz Leandra Leal.

Quem ficou de fora poderá acompanhar a transmissão ao vivo dos shows pela  www.postv.org. É possível também que a casa instale telões do lado de fora para o público participar da celebração na rua. O Caos, que fica na calçada oposta, decidiu se juntar à celebração com a festa Caos na Rua, com entrada liberada até meia-noite. O Beco 203 também vai homenagear a história do clube vizinho com DJs sets de André Frateschi, China, Copacabana Club, Sabonetes, Nevilton e Vivendo do Ócio, e cerveja em dobro até meia-noite.

O anúncio do fechamento foi feito pelo produtor cultural Alê Youssef, sócio do espaço ao lado de Maurizio Longobardi e Guga Stroeter, por meio de redes sociais em 11 de abril. Ícone da cena cultural paulistana, o palco teve um papel importante na projeção de grande parte dos artistas da nova música brasileira.

O último dia

Quinta (2/5)

Despedida do Studio SP: Criolo, Emicida, Tulipa Ruiz, Kamau e as bandas Metá Metá e Instituto (leia +)

Cartaz de despedida Studio SP
Cartaz de despedida Studio SP (Foto: Divulgação)

Fonte: VEJA SÃO PAULO