Cinema

Sábado (31)

É Tudo Verdade: confira a programação de hoje

Por: Bruno Machado e Camila Taira - Atualizado em

É Tudo Verdade 2012 - Barbara em Cena
'Barbara em Cena': um retrato da tradutora Barbara Heliodora (Foto: Divulgação)

CineSesc

15h00 - Coração do Brasil (Brasil, 86 min.) - COMPETIÇÃO BRASILEIRA - LONGAS

Em 1958, a Fundação Brasil Central confiou aos irmãos Villas Bôas a tarefa de

demarcar o centro geográfico do Brasil. Cinquenta anos depois, três

participantes da expedição original, Sérgio Vahia de Abreu, o documentarista

Adrian Cowell e o cacique Raoni, retomam o mesmo trajeto.

17h00 - Xaréu - Memórias do Arraial (Brasil, 72 min.) - PROGRAMAS ESPECIAIS

O cineasta Paulo César Saraceni e os pescadores remanescentes das

filmagens de “Arraial do Cabo” (1959) revêem suas lembranças da produção,

tida como marco fundador do Cinema Novo.

20h30 – PREMIAÇÃO

21h30 - VENCEDOR COMPETIÇÃO BRASILEIRA LONGAS

Centro Cultural Banco do Brasil11h00 - A Morte Está no Campo (Suíça, 11 min.) - COMPETIÇÃO INTERNACIONAL CURTAS

O quadrinista suíço-libanês Patrick Chappatte viajou ao sul do Líbano, em 2009. Lá, ele ainda pode sentir o conflito na vida dos libaneses, que convivem diariamente com o medo de bombas que não explodiram.

seguido de Tilman no Paraíso (Alemanha, 28 min.) - COMPETIÇÃO INTERNACIONAL CURTAS

O faxineiro alemão Tilman Mai percorre o bairro da Luz Vermelha, a zona do

meretrício em Amsterdã. Sua atitude, porém, diverge da maioria dos frequentadores. Ao invés de sexo, ele procura afeição, quem sabe até mesmo amor.

seguido de Pescaria com Vovô (China/Inglaterra, 9 min.) - COMPETIÇÃO INTERNACIONAL CURTAS

Dois anos após a morte da avó, a diretora Wing Yan Lilian Fu mergulha no

material que guarda sobre ela.

seguido de Queríamos Explodir o Vasa (Suécia, 30 min.) - COMPETIÇÃO INTERNACIONAL CURTAS

Simon, um jornalista pobre e fracassado, encontra a grande missão de sua

vida, ao descobrir um fundo de verdade em algo que sempre se acreditou não

passar de um mito. Coube a ele reescrever a história de um dos maiores

tesouros museológicos da Suécia.

seguido de Descarrilamentos (Itália, 11 min.) - COMPETIÇÃO INTERNACIONAL CURTAS

Federico Fellini imaginou a história “Il Viaggio di Giuseppe Mastorna detto

Fernet” em 1965, quando escreveu a primeira versão do roteiro. Ao longo dos

anos, voltou ao tema, que acabou servindo de base à graphic novel de Milo

Manara, publicada em 1992.

15h00 - O Homem Que Ninguém Conheceu (EUA, 104 min.) - COMPETIÇÃO INTERNACIONAL - LONGAS

Integrante da CIA por quase 30 anos, William Colby participou e comandou

inúmeras operações clandestinas em diversos países do mundo. Quando o

presidente Richard Nixon lhe ordenou que bloqueasse do conhecimento do

Congresso os abusos do passado, o diligente Colby dessa vez recusou-se a

obedecer.

17h00 – Fotografias (Argentina, 110 min.) - RETROSPECTIVA INTERNACIONAL: ANDRÉS DI TELLA

Para desvendar a história de sua mãe, nascida na Índia, o diretor argentino

empreende uma viagem às suas origens. Na própria Argentina, ele acha pistas

sobre o passado de sua mãe. Na Índia, o diretor tenta preencher as lacunas da

identidade de ambos.

19h00 - Com Amor, Carolyn (Suécia, 70 min.) - COMPETIÇÃO INTERNACIONAL - LONGAS

Um relato da amante de Jack Kerouac a respeito da geração beat.

20h30 – O Emprego (França, 95 min.) - COMPETIÇÃO INTERNACIONAL - LONGAS

Dez pessoas de diferentes idades e experiências à procura de emprego

participam de um processo seletivo, por dois dias. Serão postos à prova seu

respeito próprio e sua resistência mental – mais ainda que suas habilidades.

Museu da Imagem e do Som

14h00 - Duch, O Mestre das Forjas do Inferno (França, 103 min.) - PROGRAMAS ESPECIAIS Por quatro anos diretor da M13, prisão controlada pelo Khmer Vermelho nos

anos 1970, Kaing Guek Eav, o Duch, foi deslocado para o não menos temível

centro S21, em Phnom Penh. Como secretário do partido, ali comandou um

sistema de torturas e execuções sistemáticas, que assassinou pelo menos

12.280 pessoas no Camboja. Duch foi o primeiro membro do Khmer a ser

levado a uma corte internacional.

16h00 - Barbeiros (Brasil, 17 min.) - COMPETIÇÃO BRASILEIRA - CURTAS

Os barbeiros de São Paulo quase desapareceram, mas os que restaram são

fiéis ao seu trabalho artesanal e orgulhosos de sua perícia.

seguido de Barbara em Cena (Brasil, 20 min.) - COMPETIÇÃO BRASILEIRA - CURTAS

A crítica teatral, professora e tradutora Barbara Heliodora é uma das mais

renomadas profissionais de sua área e uma das maiores estudiosas brasileiras

da obra de Shakespeare. Neste retrato aos 88 anos, emergem seus lados

menos conhecidos.

seguido de Ser Tão Cinzento (Brasil, 27 min.) - COMPETIÇÃO BRASILEIRA - CURTAS

Quarenta anos após a realização da obra crítica “Manhã Cinzenta” (1969), que

desencadeou a prisão do cineasta Olney São Paulo, as imagens do original

são reapropriadas dando voz aos entrevistados do filme original.

seguido de Limbo (Brasil, 21 min.) - COMPETIÇÃO BRASILEIRA - CURTAS Perambulando por diversos lugares, na fronteira entre o Brasil e o Uruguai, Cao

Guimarães capta vestígios de atividades, rostos e objetos. 18h00 - Coutinho Repórter (Brasil, 45 min.) - RETROSPECTIVA BRASILEIRA - COUTINHO: O CAMINHO ATÉ â€œCABRA”

A atuação de Eduardo Coutinho no programa Globo Repórter. Em plena ditadura, forjou um estilo e realizou obras de empenho social que, na época, a censura impedia o cinema de concretizar.

seguido de O Pistoleiro de Serra Talhada - RETROSPECTIVA BRASILEIRA - COUTINHO: O CAMINHO ATÉ “CABRA”

Documentário produzido para o programa Globo Repórter sobre o banditismo

no Nordeste, tendo como centro a cidade de Serra Talhada (SE), terra do

lendário Lampião (1898-1938), tido como o rei do cangaço.

seguido de Seis dias em Ouricuri (Brasil, 41 min.) - RETROSPECTIVA BRASILEIRA - COUTINHO: O CAMINHO ATÉ “CABRA”

O foco recai sobre uma grande seca em Ouricuri, no sertão de Araripe (PE), que apesar de estar levando a miséria, a fome e o desespero aos moradores da região é considerada apenas “uma estiagem prolongada” pelas autoridades locais.

20h00 - O Huaso (Canadá/Chile, 80 min.) - FOCO LATINO-AMERICANOImigrante chileno radicado no Canadá decide voltar ao país natal após uma bateria de exames.

Cinemateca 14h00 – Cabra Marcado para Morrer (Brasil, 119 min.) - RETROSPECTIVA BRASILEIRA - COUTINHO: O CAMINHO ATÉ “CABRA”, seguido de debate com Eduardo Coutinho, Lauro Escorel, Patrícia Di Filippi e Zelito Viana.

Em 1964, o golpe militar interrompe na Paraíba as filmagens por Eduardo

Coutinho de um longa ficcional sobre o assassinato de um líder das Ligas

Camponesas, João Pedro Teixeira. Vinte anos se passaram até que Coutinho,

agora documentarista, revisite os negativos preservados e reconstitua o destino

da familia Teixeira durante o regime militar.

18h00 - Coutinho Repórter (Brasil, 25 min.) - RETROSPECTIVA BRASILEIRA - COUTINHO: O CAMINHO ATÉ “CABRA”

Registro da carreira de Eduardo Coutinho nos nove anos em que trabalhou no programa Globo Repórter. Em plena ditadura, forjou um estilo e realizou obras de empenho social que, na época, a censura impedia o cinema de concretizar.

seguido de Teodorico, O Imperador do Sertão (Brasil, 49 min.) - RETROSPECTIVA BRASILEIRA - COUTINHO: O CAMINHO ATÉ “CABRA”

Dando a palavra ao “major” Teodorico Bezerra, expõe-se a visão de mundo de

um típico representante da aristocracia rural nordestina, exercendo um poder

quase absoluto sobre um verdadeiro feudo no sertão do Rio Grande do Norte,

em que seus subordinados devem submeter-se às suas leis.

seguido de Exu, Uma Tragédia Sertaneja (Brasil, 39 min.) - RETROSPECTIVA BRASILEIRA - COUTINHO: O CAMINHO ATÉ “CABRA”

A rivalidade entre as famílias Alencar e Sampaio provocou, ao longo de

décadas, inúmeros assassinatos na cidade de Exu (PE).

20h00 - Augusto Boal e o Teatro do Oprimido (Brasil, 62 min.) - PROGRAMAS ESPECIAIS

Um retrato da vida e da obra do diretor de teatro, dramaturgo e ensaísta

brasileiro Augusto Boal (1931-2009), da revelação nos anos 1950 com o Teatro

de Arena de São Paulo até a consagração mundial com o Teatro do Oprimido.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO