Cinema

Domingo (10)

É Tudo Verdade: confira a programação do dia e as sinopses dos filmes

Por: Camila Taira - Atualizado em

Homem erótico - É tudo verdade
'Homem Erótico': investigação sobre a experiência humana com o erotismo (Foto: Divulgação)

+ Veja programação completa do festival É Tudo Verdade

CINE LIVRARIA CULTURA – SALA 1

- Programação a confirmar

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

13h00 – “O Caramanchão”, de Clio Barnard (GBR, 2010).

Misturando documentário e ficção, a cineasta estreante Clio Barnard recupera a trajetória da dramaturga britânica Andrea Dunbar (1961-1990), uma autora precoce e de vida trágica. COMPETIÇÃO INTERNACIONAL - LONGAS

15h00 – “O Sicário - Quarto 164”, de Gianfranco Rosi (FRA, 2010).

Num quarto de hotel, na fronteira entre os EUA e o México, um ex-matador revela crimes e métodos do crime organizado mexicano, a quem ele serviu por mais de 20 anos.

17h00 – “O Príncipe Está de Volta”, de Marina Goldovskaya (FRA/DEU, 2000).

Crônica do sonho e da luta do príncipe Eugene Meshersky para restaurar o castelo e a glória de sua família, nos arredores de Moscou. RETROSPECTIVA INTERNACIONAL: MARINA GOLDOVSKAYA.

19h00 – “O Gosto Amargo da Liberdade”, de Marina Goldovskaya (USA, 2011)

A cineasta recupera a figura da combativa jornalista Anna Politkovskaya, sua ex-aluna na universidade de Moscou assassinada em 2006, aos 48 anos. RETROSPECTIVA INTERNACIONAL: MARINA GOLDOVSKAYA.

CINEMATECA – SALA BNDES

14h00 – “Os Cavalos de Goethe”, de Arthur Omar (BRA, 2011).

A partir de um material filmado no Afeganistão em 2002, o documentário experimental registra e reelabora imagens de homens e cavalos envolvidos numa espécie de jogo de guerra, mediado pela teoria das cores de Goethe. PROGRAMAS ESPECIAIS

16h00 – “Impunidade”, de Juan José Lozano e Hollman Morris (CHE/FRA/COL, 2010).

No final dos anos 90, grupos paramilitares combatem a guerrilha na Colômbia. Depois de décadas de massacres dos dois lados, uma nova lei, em 2005, estimula combatentes a entregar armas, confessando seus crimes e submetendo-se à justiça. Três anos depois, resta resolver um dos maiores impasses políticos e jurídicos do continente. FOCO LATINO-AMERICANO

18h00 Exibição de RETROSPECTIVA BRASILEIRA: POESIA É VERDADE

“Poesia É uma ou Duas Linhas e por Trás uma Imensa Paisagem”, de João Moreira Salles (BRA/FRA, 1990).

Uma homenagem à poetisa Ana Cristina César, através da evocação de trechos de seus poemas e dos autores que admirava.

“Assaltaram a Gramática”, de Ana Maria Magalhães (BRA, 1984).

Antecipando a linguagem do videoclipe, traça-se o perfil dos poetas Paulo Leminsky, Chacal, Francisco Alvim e Waly Salomão, com participações de outros artistas.

“Pan-Cinema Permanente”, de Carlos Nader (BRA, 2007).

Retrato sem retoques do poeta e compositor baiano Waly Salomão, grande vencedor da competição brasileira do É Tudo Verdade 2007.

20h00 – “Homem Erótico”, de Jørgen Leth (DNK, 2010).

Filmando em diversos países, inclusive o Brasil, o cineasta e escritor dinamarquês Jørgen Leth (“As Cinco Obstruções”) investiga a experiência humana do erotismo, a partir das próprias vivências. PROGRAMAS ESPECIAIS

Fonte: VEJA SÃO PAULO