Cinema

Sábado (02)

É Tudo Verdade: confira a programação do dia e as sinopses dos filmes

Por: Camila Taira - Atualizado em

Imagens do Playground - é tudo verdade
'Imagens do Playground': documentário sobre Bergman exibido no Festival É Tudo Verdade de 2011 (Foto: Divulgação)

+ Veja a programação completa do festival É Tudo Verdade

CINE LIVRARIA CULTURA - SALA 1

15h00 – “A Vida em um Dia”, de Kevin MacDonald (GBR, 2010).

Documentário interativo, composto de uma seleção das imagens geradas por milhares de usuários do Youtube ao redor do mundo no dia 24 de julho de 2010. Convocados ao projeto pela internet, 80.000 pessoas postaram seus vídeos, somando cerca de 4.500 horas de material. PROGRAMAS ESPECIAIS

17h00 – “Academia de Boxe”, de Frederick Wiseman (USA, 2010).

Numa academia de boxe em Austin, Texas, convivem lado a lado pessoas de todas as idades, sexos e condições sociais. Donas de casa, imigrantes, jovens que desejam ardentemente se profissionalizar e amadores em busca apenas de um pouco de atividade física ou autoafirmação misturam-se nesta singular comunidade. PROGRAMAS ESPECIAIS

19h00 – “Aterro do Flamengo”, de Alessandra Bergamaschi (BRA, 2010).

Uma câmera estática capta, em tempo real, uma cena urbana e as diversas reações dos transeuntes a um episódio inusitado. COMPETIÇÃO BRASILEIRA - LONGAS

21h00 – “Vocacional, uma Aventura Humana”, de Toni Venturi (BRA, 2011)

Ex-aluno do Ginásio Vocacional de São Paulo, o diretor Toni Venturi recupera as memórias de uma experiência educacional arrojada na educação pública, destruída pela ditadura militar, em 1970. COMPETIÇÃO BRASILEIRA - LONGAS

23h00 – “Mas o Cinema É Minha Amante” (SWE, 2010), seguido pelo curta “Imagens do Playground” (SWE, 2009), ambos dirigidos pelo cineasta e crítico sueco Stig Björkman, homenageando a vida e a obra de Ingmar Bergman (1918-2007).

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

13h00 – “Cinema Komunisto”, de Mila Turajlic (SRB, 2010)

Uma análise da ideologia e das ilusões do regime comunista iugoslavo a partir da recuperação da história de seu cinema, patrocinado e estimulado pelo antigo ditador e cinéfilo Josep Broz Tito. COMPETIÇÃO INTERNACIONAL – LONGAS

17h00 – “Vinícius”, de Miguel Faria Jr (BRA/ESP, 2005).

As muitas faces do poeta e compositor Vinicius de Moraes são reveladas por entrevistas e diversas imagens de arquivo. RETROSPECTIVA BRASILEIRA: POESIA É VERDADE

19h00 – “O Regime Solovki”, de Marina Goldovskaya (RUS, 1987).

O primeiro filme sobre os “gulags”, denunciando a história do campo de trabalhos forçados de Solovki (que existiu entre 1923 e 1939). RETROSPECTIVA INTERNACIONAL: MARINA GOLDOVSKAYA

 

CINEMATECA - SALA BNDES

18h00 – “Agnus Dei, Cordeiro de Deus”, de Alejandra Sánchez (MEX/FRA, 2011).

Aos 26 anos, Jesus Romero Colin resolve confrontar um trauma do passado – o abuso sexual sofrido por parte de um padre, quando Colin era um coroinha de 11 anos de idade. FOCO LATINO-AMERICANO

20h00 – “O Regime Solovki”, de Marina Goldovskaya (RUS, 1987).

O primeiro filme sobre os “gulags”, denunciando a história do campo de trabalhos forçados de Solovki (que existiu entre 1923 e 1939). RETROSPECTIVA INTERNACIONAL: MARINA GOLDOVSKAYA

RESERVA CULTURAL- SALA 2

13h00 - “Impunidade”, de Juan José Lozano (CHE/FRA/COL, 2010).

No final dos anos 90, grupos paramilitares combatem a guerrilha na Colômbia. Depois de décadas de massacres dos dois lados, uma nova lei, em 2005, estimula combatentes a entregar armas, confessando seus crimes e submetendo-se à justiça. Três anos depois, resta resolver um dos maiores impasses políticos e jurídicos do continente. FOCO LATINO-AMERICANO

15h00 – “A Onda Verde”, de Ali Samadi Ahadi (DEU, 2010).

Recorrendo a testemunhos diretos, postagens em blogs, no Twitter e Facebook e também à animação, o cineasta iraniano, radicado na Alemanha, reconstitui o clima das eleições presidenciais no Irã em 2009. COMPETIÇÃO INTERNACIONAL – LONGAS

17h00 - “Angst”, de Graça Castanheira (PRT, 2010).

A cineasta portuguesa investiga as razões pelas quais a espécie humana, que domina o planeta sem predadores, não foi capaz ainda de afirmar sua superioridade com um desenvolvimento equilibrado e sustentável. O ESTADO DAS COISAS

19h00 – “Posição Entre as Estrelas”, de Leonard Retel Helmrich (NLD, 2010).

Seguindo uma família indonésia moradora de uma favela de Jacarta – já retratada em dois premiados filmes anteriores, “The Eye of the Day” e “Shape of the Moon” –, o diretor aprofunda o retrato de um ambiente marcado pela corrupção e por um grande abismo entre ricos e pobres. Vencedor da competição internacional e holandesa do Festival de Amsterdã – IDFA 2010. O ESTADO DAS COISAS

21h00 – “O Sicário - Quarto 164”, de Gianfranco Rosi (FRA, 2010).

Num quarto de hotel, na fronteira entre os EUA e o México, um ex-matador revela crimes e métodos do crime organizado mexicano, a quem ele serviu por mais de 20 anos. COMPETIÇÃO INTERNACIONAL – LONGAS

23h00 – “Sangue no Celular”, de Frank Piasecki Poulsen (DNK, 2010)

O cineasta dinamarquês viaja ao Congo para investigar uma sangrenta guerra civil em torno da exploração de minérios preciosos, como o coltan, utilizado na fabricação de telefones celulares. O ESTADO DAS COISAS

Fonte: VEJA SÃO PAULO