Cásper Líbero

Calouros são amarrados e obrigados a simular sexo oral na Paulista

Trote feito por alunos da Cásper Líbero aconteceu na segunda (10) na Avenida Paulista; faculdade diz que punirá os envolvidos

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O trote realizado na última segunda (10) na Faculdade Cásper Líbero para recepcionar os alunos foi palco de cenas vexatórias protagonizadas pelos calouros. Fotos publicadas na internet mostram os novatos simulando sexo oral e amarrados a postes da Avenida Paulista, onde fica a universidade.

+ "Fui motivo de piada", diz usuária que ganhou processo contra Facebook

Em nota, a Cásper Líbero afirmou “lamentar profundamente”. Além disso, declarou que “eventuais abusos serão investigados em processo disciplinar contra os infratores”. A faculdade também ressaltou adotar “uma série de medidas para coibir o ‘trote violento, humilhante, vexatório ou constrangedor’”.

+ Casal de lésbicas afirma ter sido vítima de homofobia e agressão

O Centro Acadêmico Vladimir Herzog, formado por alunos da instituição de ensino, publicou em sua página do Facebook uma nota de repúdio ao ocorrido: “esperamos sinceramente que (o calouro amarrado a um poste) não tenha sido uma alusão ao ocorrido no Rio de Janeiro na semana passada, pois teríamos motivos suficientes para questionar o futuro da comunicação em nosso país”.

Fonte: VEJA SÃO PAULO