Mistérios da Cidade

Tribunal de Justiça aluga prédio nos fundos do castelinho Conde de Sarzedas

Por: Edison Veiga [Filipe Vilicic e Maria Paola de Salvo] - Atualizado em

Os fundos do centenário castelinho Conde de Sarzedas, construído pelo fidalgo Luiz de Lorena Rodrigues Ferreira no centro da cidade, ganharam um arranha-céu moderno. Projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake e inaugurado em dezembro, o edifício espelhado de 26 andares – além do térreo e de quatro subsolos – pertence à Fundação Carlos Chagas e foi alugado ao Tribunal de Justiça por quase 700.000 reais ao mês. Ali, a duas quadras da Praça João Mendes, deverão funcionar 133 gabinetes de desembargadores do estado e 24 de juízes substitutos. Os planos para o castelo ainda são incertos. Cogita-se a possibilidade de que ele abrigue parte do acervo do Museu do Tribunal de Justiça (Tel. 3105-7533).

Fonte: VEJA SÃO PAULO