Justiça

Irmãos de vítima de bala perdida serão indenizados em R$ 300 mil

Rapaz morreu durante tentativa de assalto no bairro de Santa Cecília em agosto do ano passado

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

bala perdida
Jovem morreu vítima de bala perdida em rua na Santa Cecília (Foto: Reprodução/Google Maps)

Juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital do Tribunal de Justiça de São Paulo condenou o Estado de São Paulo a pagar indenização de 300 000 reais por danos morais à família de um jovem que morreu vítima de bala perdida durante tentativa de assalto a um policial à paisana na alameda Barão de Piracicaba, no bairro de Santa Cecília, na região central da capital, em agosto do ano passado. 

+A um mês das eleições, Haddad cumpre 49,6% das metas de 2013

O policial estava à paisana e havia acabado de sair de uma agência bancária quando foi surpreendido por assaltantes em uma moto. Houve troca de tiros e o rapaz que estava no outro lado da rua, em um ponto de táxi, foi atingido e morreu. 

De acordo com a decisão, a bala que atingiu a vítima partiu da arma do policial militar. "Entre a vítima e o policial estavam os sujeitos que tentaram o assalto e, ao trocarem tiros, policial e assaltantes, atrás destes últimos, na calçada oposta, estava a vítima, que foi atingida pelo policial que tentava se defender. O ato é imputado ao Estado que se torna responsável”, escreveu o magistrado Luís Manuel Fonseca Pires. 

Segundo o Tribunal de Justiça, cabe recurso da decisão.   

Fonte: VEJA SÃO PAULO