Concertos

Theatro São Pedro anuncia programação erudita para 2013

Série de apresentações traz novidades como a venda de pacotes para assinantes

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Theatro_Plateia e Balcões
O Theatro São Pedro recebe concertos e óperas na programação de 2013 (Foto: Divulgação)

O Theatro São Pedro, na Barra Funda, já deu início a sua temporada 2013 de concertos. Não faltam óperas, concertos e música de câmara na agenda, que pela primeira vez abre séries de assinaturas para venda, até 15 de março. O pacote de ingressos dá direito a toda a programação de eventos da temporada, oferece prioridade na escolha dos assentos e a comodidade de receber antecipadamente as entradas em casa. Os preços variam de R$ 182,00 a R$ 357,00, dependendo do setor.

Os ingressos avulsos, por sua vez, custam R$ 30,00 e podem ser adquiridos por meio do site da Ingresso Rápido ou na bilheteria do endereço, de terça a domingo, das 10h às 18h.

+ Saiba as atrações imperdíveis de concertos para 2013

No programa, serão quatro óperas no total. A primeira, La Cenerentola, de Rossini, será uma homenagem aos 15 anos da reinauguração do local. Figuram também A Volta do Parafuso, em prólogo e dois atos de Benjamin Britten, O Menino e a Liberdade, de Ronaldo Miranda, e a comédia-lírica em três atos de Giuseppe Verdi, Falstaff.

+ Osesp oferece descontos em ingressos avulsos

Entre os concertos, estão previstas oito apresentações. Em abril, o regente Marco Bioni e o tenor José Bros interpretam Verdi, Gounod, Cilea, entre outros compositores. Em maio, a cantora Cida Moreira será regida por Emiliano Patarra e empresta sua voz para as composições de Bertolt Brecht e Kurt Weill.

No mês de agosto é a vez do maestro Abel Rocha subir ao palco com a soprano Eliane Coelho, levando ao público Richard Strauss e quatro canções de A Floresta do Amazonas, de Villa-Lobos. Ainda em agosto, a soprano Annick Massis se une ao regente Jamil Maluf para interpretar obras de Rossini, Bellini, Donizetti e Verdi. No seguinte, Guilherme Mannis comanda a batuta ao lado do músico Fábio Zanon ao violão. Para fechar o ano, o maestro Carlos Morejano faz uma parceria com pianista Eduardo Monteiro, trazendo no repertório canções de Edvard Grieg e Franz Schubert.

Em 2013, será dada ainda continuidade à série Música ao Meio-Dia, que ocorre sempre às segundas-feiras no saguão do Theatro São Pedro. Grande parte dessas apresentações é gratuita. Algumas participações já confirmadas são: o tenor uruguaio Leonardo Ferrando, o barítono argentino Leonardo López Linares, o tenor espanhol José Bros, a soprano francesa Annick Massis, a mezzo chilena Graciela Araya, o baixo italiano Bruno Pratico e a brasileira Eliane Coelho.

Academia de ópera

Outra novidade apresentada pelo espaço é a formação da Academia Ópera. Até dia 28, o teatro recebe inscrições para a primeira turma de alunos a ser formada no período de doze meses. Dezoito integrantes (nove homens, de 18 a 32 anos, e nove mulheres, entre 16 e 32 anos) irão participar de aulas e palestras com os artistas que compõem as apresentações da temporada.

No programa do curso, eles vão receber orientações sobre interpretação cênica, construção de personagem e canto. Para o maestro e diretor artístico do Theatro São Pedro, Emiliano Patarra, existem grandes talentos da música no Brasil, mas há dificuldade para formá-los no canto lírico. "Decidimos selecionar jovens cantores e investir na formação dessas pessoas. O objetivo do curso não é iniciar um aluno do zero. Eles já possuem alguma experiência e desejam entrar no mercado da ópera. Como isso ainda é muito restrito no país, queremos abrir essa porta."

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO