Música

The Vaccines anima com seus hits, mas deixa a desejar em show curto

Após dar cano no Planeta Terra, quarteto inglês se apresentou em São Paulo nesta quarta (18), no Cine Joia

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Em junho do ano passado, com participação marcada no Planeta Terra, o grupo inglês The Vaccines cancelou sua vinda ao país para acompanhar o Arctic Monkeys em uma turnê pelo Reino Unido. Para se redimir com o público brasileiro, a banda tocou nesta quarta (18) no Cine Joia e já na quinta (19) eles embarcam para o Rio de Janeiro, onde são atração do Circo Voador.

+ Confira galeria com fotos da apresentação

+ Os shows que agitam a cidade

+ Tudo sobre a Virada Cultural

+ Calendário: os festivais que vão agitar 2012

Mas antes a banda tivesse tocado no festival. Formado por Justin Young (vocal), Árni Hjörvar (baixo), Freddie Cowan (guitarra) e Pete Robertson (bateria), o grupo estourou em agosto de 2010, quando soltou no YouTube a demo de "If You Wanna" e se tornou uma das promessas do rock indie. Seu primeiro álbum, “What Did You Expect from the Vaccines?", foi lançado em março do ano passado e o timing do show no Planeta Terra não poderia ser melhor. Seis meses depois, o "hype" em torno dos ingleses não é mais tão grande e, apesar de encherem o Cine Joia, eles não chegaram a lotar a casa, que tem capacidade para cerca de 1.500 pessoas.

Marcada para as 23h, a apresentação começou com 45 minutos de atraso - mais do que o suficiente para inquietar a plateia. Como espécie de pedido de desculpas pelo atraso, eles engataram de cara os hits "Blow It Up" e "Wreckin'Bar (Ra Ra Ra)". Claramente felizes por tocarem aqui e empolgados com a plateia "barulhenta", os músicos arriscaram interações em português, com direito a um discurso do baixista Árni Hjörvar.

Com apenas onze faixas, o único álbum da banda não garante uma apresentação tão longa. Para postergar um pouco o final, eles ainda mostraram faixas inéditas do novo disco - que já foi gravado em março na Inglaterra, mas ainda não tem data de lançamento. Entre as músicas novas estavam "Teenage Icon", "No Hope" e "Bad Moon". Músicas como "Post Break-Up Sex" empolgaram, mas o ápice do show foi o hit que lançou a banda, "If You Wanna".

O repertório escasso já indicava que a noite não seria das mais longas, mas depois de 45 minutos de espera, o público se surpreendeu quando após o mesmo período no palco os músicos agradeceram e saíram. Na volta para o "bis", tocaram só duas músicas, num total de 55 minutos de show.

Para uma apresentação em um festival, a apresentação seria mais do que suficiente, mas em um show solo com ingressos que custavam 160 reais, o The Vaccines definitivamente deixou a desejar.

Fonte: VEJA SÃO PAULO