Mistérios da Cidade

The Place: morando nas nuvens

The Place, o segundo prédio residencial mais alto da cidade, tem cobertura de 729 metros quadrados

Por: Henrique Skujis - Atualizado em

The Place: morando nas nuvens - 2166
Vista da conertura do The Place (Foto: Mario Rodrigues)

Lá de cima, tudo parece pequeno, de brinquedo. As pessoas, os carros e até os outros prédios. Com duas torres de 38 andares e 135 metros de altura, o The Place, no número 130 da Rua Canário, em Moema, foi entregue aos moradores na semana passada. Trata-se do segundo prédio residencial mais alto da cidade — perde apenas para o Mandarim, no Brooklin, com quarenta andares e 2 metros a mais. Da cobertura de 729 metros quadrados (só o terraço tem 100), é possível avistar o Parque do Ibirapuera inteiro, ver (sem ouvir) o vaivém no Aeroporto de Congonhas, apreciar as antenas da Avenida Paulista e passar os olhos por boa parte da capital. “Todos os 74 apartamentos, de até 12 milhões de reais, já foram vendidos”, afirma Paulo Roberto Funari, diretor da incorporadora responsável pelo empreendimento.

Fonte: VEJA SÃO PAULO