Cidade

Polícia ouve testemunha de desabamento em estande na Vila Olímpia

Acidente ocorrido na última sexta (22) causou a morte de um operário

Por: Redação - Atualizado em

stand-cyrela
Imagem aérea do desabamento do estande de vendas da Cyrela, na Vila Olimpia (Foto: Reprodução/Globonews)

Policiais do 96º DP (Brooklin) ouviram nesta terça-feira (26) a primeira testemunha do desabamento de um estande de luxo da construtora Cyrela, ocorrido na última sexta-feira (22), na Vila Olímpia, na Zona Sul.

O pedreiro Mariano Jesus de Souza Filho, que estava na hora da queda, conseguiu escapar por pouco. "Ficaríamos três semanas lá, mas tudo veio abaixo cinco dias depois de começarmos a trabalhar", conta.

O acidente provocou a morte de Antônio Soares Nascimento, de 37 anos, que trabalhava para ICR Construções Racionais, empresa contratada para fazer as obras dos dois pavimentos, que eram sustentados por estruturas metálicas e não faziam parte do prédio definitivo, cujos apartamentos custarão a partir de 6 milhões de reais.

Tio da vítima, Damião Rodrigues conta que Nascimento nasceu em Boa Hora, no Piauí, e vivia há dezenove anos em São Paulo. "Eu  o acolhi quando ele chegou do Nordeste. Era um homem muito trabalhador e honrado. Mexia com gesso, serralheria, azuleijos e pintura", conta.

Aos fins de semana. Antonio Soares Nascimento trabalhava em um barzinho montado na frente de sua casa, no Jardim Vera Cruz, na Zona Sul. "Ele vivia muito bem. Tinha carro, casa e gostava de ajudar as pessoas", recorda o parente.

Primo e muito próximo da vítima, Valdir da Silva afirma que a atual mulher de Nascimento (a primeira esposa, com quem teve três filhos, mora no Piauí) está abalada. "Um dos meninos desse primeiro casamento morava em São Paulo com ele, junto com a a esposa e a outra filha. Todos estão muito tristes."

Em nota, a "Cyrela lamenta profundamente o ocorrido e informa que está prestando toda assistência às vítimas e suas famílias, bem como auxiliando as autoridades na investigação dos fatos". Na segunda, a empresa apresentou a documentação exigida pela Subprefeitura de Pinheiros e se colocou à disposição do Ministério do Trabalho para esclarecimentos.

O projeto arquitetônico do empreendimento leva a assinatura de Jonas Birger, conhecido no ramo por desenvolver projetos importantes como a reurbanização do Vale do Anhangabaú, no centro, e o Hospital Albert Einstein.

Antônio Soares Nascimento desabamento Cyrela
Antônio Soares Nascimento morreu após desabamento de estande na última sexta (22) (Foto: Arquivo Pessoal)

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO