Religião

Ingressos para visita ao Templo de Salomão estão esgotados até agosto

Primeiro evento de inauguração vai ser neste sábado (19) só para pastores e bispos. No dia 31, será a vez da caravana política, com presença confirmada da presidente Dilma Rousseff

Por: Redação VEJASÃOPAULO.com - Atualizado em

Os eventos de inauguração do Templo de Salomão, nova sede faraônica da Igreja Universal erguida na Avenida Celso Garcia, na Zona Leste da capital, começam neste sábado (19), mas quem deixou para planejar a visita de última hora só vai conseguir entrar no fim de agosto. As senhas avulsas, que estão sendo distribuídas em outro endereço da instituição a poucos metros dali, estão esgotadas para julho e também para boa parte do mês seguinte. A data mais próxima é 22 de agosto. 

+ Confira o melhor de São Paulo agora

Neste sábado (19), a abertura oficial será fechada para pastores e bispos. A partir de domingo (20), caravanas de fiéis de todo o Brasil começam a chegar. As vagas nos ônibus da maioria das igrejas já acabaram há tempos. O preço médio para sair em uma dessas excursões é de 40 reais. "É uma quantia simbólia para pagar o combustível", explicou um pastor. 

No dia 31, será a vez da caravana política - todos os figurões, candidatos, governantes e ex-governantes foram chamados. A presidente Dilma Rousseff confirmou presença. 

+ Imagens da construção do Templo de Salomão

Regras

"Se você fosse se encontrar com o próprio Deus, na casa dele, como você se vestiria? Como se comportaria?". Essa é a pergunta lançada pelo bispo Renato Cardoso no vídeo que estipula regras de etiqueta e vestimenta para os visitantes do templo. "Todos são bem-vindos, mas um vestuário decente é esperado", continua Cardoso, elencando o que não será permitido no recinto: minissaias, roupas curtas e sensuais, camisetas com mensagens políticas, bermuda, chinelo, regatas, bonés e óculos escuros. "Vista-se como se fosse encontrar socialmente uma pessoa muito importante". Assista ao vídeo abaixo:

As regras também são claras para quem pensa que vai registrar cada momento lá dentro: é proibido entrar com smartphones, câmeras de foto, vídeo ou tablets, mesmo que desligados. Quem estiver com qualquer um desses aparelhos será obrigado a deixá-los no ônibus da excursão ou no carro. E ainda corre o risco de perder o evento: pede-se para chegar com, no mínimo, 45 minutos de antecedência em relação ao horário marcado para o culto. Cinco minutos antes, as portas serão fechadas. "Quem chegar atrasado não poderá entrar", sentencia Cardoso. 

A única alternativa para quem não quer sair sem um clique é aproveitar os fotógrafos que estarão espalhados do lado de fora. Segundo a igreja, as imagens poderão ser baixadas do site da Universal. 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO