Educação

Temas que devem cair no Enem neste ano

Nos dias 24 e 25 de outubro, estudantes responderão questões sobre ciências da natureza, ciências humanas, matemática e linguagens e suas tecnologias

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

enem alunos
Alunos aguardam a entrada do Enem em São Paulo (Foto: Ivan Pacheco)

Desde quando foi criado, em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem entre suas características associar o conteúdo aprendido em sala de aula com situações do cotidiano. Diferentemente dos vestibulares, considerados mais focados no conteúdo em si, o Enem exige do aluno interpretação de texto, mesmo em problemas de exatas. “Trata-se de uma prova de competência democrática”, diz o professor de língua portuguesa Dandan, especialista no exame, do cursinho Maximize. 

Segundo ele, a prova atende todos, porque quem está em idade escolar possui o conteúdo acadêmico fresco na cabeça, mas não tem a experiência de vida. Já quem traz essa experiência, provavelmente saiu da escola faz tempo e, por isso, não conta com o conteúdo acadêmico tão claro. “Todo mundo fica no mesmo nível de avaliação”, garante.

+ Como não fazer feio na redação do Enem

A pedido de VEJA SÃO PAULO, professores de cursinhos indicam quais são os temas de cada área que devem ser reforçados neste período. As provas deste ano ocorrem nos dias 24 e 25 de outubro. No sábado, as competências são ciências da natureza e ciências humanas. No domingo, as provas contemplam matemática, linguagens e redação.

No primeiro dia:

Ciências da Natureza

+ Saiba como se organizar faltando pouco para a prova do Enem

BIOLOGIA

Ecologia, biologia animal, imunização, ecossistema brasileiro, viroses, bacterioses e DNA. Citologia e genética aparecem em questões mais simples na prova.

FÍSICA

Ondas, cinemática, movimento circular uniforme, hidrostática, conservação de energia mecânica, leis de Newton, conservação de quantidade de movimento, refração de lentes e circuitos elétricos, com ênfase em potência, campo magnético e introdução eletromagnética.

Dica: o professor Tony Manzi, do cursinho Maximize, avisa que entre as questões favoritas aparecem a análise de um relógio de força e como converter o valor em real, ou seja, de quanto será a conta de luz. Outra para ficar atento são as diferenças de consumo de energia entre eletrodomésticos, qual gasta mais e por que.

+ Quanto custa estudar nas melhores escolas da cidade

QUÍMICA

Química ambiental, com camada de ozônio e lixo (destinação dos resíduos, redução, reutilização e reciclagem). Ligações químicas, funções orgânicas, reações orgânicas, equilíbrio químico, cinética química, eletroquímica e, sim, pelo menos uma questões de cálculo estequiométrico, com mol, massa molar e quantidade de matéria.

Dica: o tema de poluição é um dos mais abordados nas avaliações. Reciclagem, redução e reutilização, lixo, sustentabilidade e formas de exploração do meio ambiente também aparecem nestas questões.

Ciências Humanas

getúlio vargas
Getúlio Vargas: tema presente nas questões de história (Foto: Acervo da Fundação Bunge/Divulgação)

HISTÓRIA

Indígenas, constituições brasileiras, república das oligarquias, abolição, Getúlio Vargas, Revolução Industrial, crise de 29, formação da sociedade brasileira, elaboração da administração da colonização brasileira, 1ª e 2ª Guerra Militar, Guerra Fria, República Liberal Populista, regime militar e redemocratização.

+ Confira as últimas notícias da cidade

Dica: Grécia é um assunto recorrente na prova. Aparece da Idade Antiga até a filosofia grega. A avaliação também trabalha muito com iconografia, com obras de arte para exemplificar uma época ou um movimento.

GEOGRAFIA

Problemas ambientais urbanos são o principal tópico, seguidos dos protocolos de meio ambiente e agricultura e pecuária. “A globalização cai inserida no tema urbano, como a separação do mundo em primeiro e terceiro mundo”, diz o professor Takata.

Já no dia seguinte....

O professor de matemática Bonfim, do cursinho Maximize, dá uma dica para aqueles que dizem que não têm tempo suficiente para terminar a prova. “Intercale as questões de matemática e linguagens. Assim, o aluno fica menos exausto e consegue terminar a prova de exatas.”

MATEMÁTICA

Porcentagem, juros, lucro, prejuízo, analises combinatórias, probabilidade, estatística, áreas de figuras planas, volumes de sólidos, interpretação de gráficos, razões e proporções. Um alívio: matrizes e logaritmos raramente aparecem.

Dica: nas questões de progressões aritmética e geométrica, diferentemente dos vestibulares, não é preciso utilizar fórmulas. São usados valores mais simples e, caso haja dúvidas, dá para fazer na mão.

LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

carlos drummon de andrade
Carlos Drummond de Andrade: o autor que mais aparece nas provas (Foto: Rogério Reis)

Interpretação de textos jornalísticos, literários, tirinhas e propagandas institucionais. Internet e informática e a influência na vida moderna. Romantismo, textos de autores modernistas, com questões que abordam os aspectos sociais e a relevância do cotidiano para o Modernismo, comparação de texto visual e verbal. Comparação entre linguagem formalmente rígida e liberdade poética do Modernismo e abordagem no cotidiano. As canções da MPB para análise de aspectos socioculturais.

Dica: Carlos Drummond de Andrade é o autor que mais aparece nas provas.

*Fontes: Antonio Mário Salles (coordenador do departamento de química do Objetivo); Bonfim Eron (professor de matemática do cursinho Maximize); Clézio Morandini (coordenador do departamento de biologia do Objetivo); Daily Matos (coordenador do departamento de história do Objetivo); Dandan (professor de português do cursinho Maximize); Eduardo Figueiredo (coordenador do departamento de física do Objetivo); Giuseppe Nobilione (coordenador do departamento de matemática do Objetivo); Luís Carlos Bellinello (coordenador do departamento de biologia do Objetivo); Nelson Dutra (coordenador do departamento de português do Objetivo); Takata (professor de ciências humanas/história do cursinho Maximize) e Tony Manzi (professor de ciências da natureza/biologia).

Fonte: VEJA SÃO PAULO