Memória Paulistana

Teatro Paiol será reinaugurado nesta sexta-feira (12)

Palco de peças importantes da década de 70, local entrou em decadência nos anos 90

Por: Mauricio Xavier [com reportagem de Flora Monteiro, Nathalia Zaccaro e Cristiane Bonfim] - Atualizado em

À Flor da Pele - Teatro Paiol - Mistérios da Cidade
A peça À Flor da Pele: sucesso da década de 70 ocupava o Teatro Paiol (Foto: João B. Perillo)

Um projeto assinado pelo arquiteto Rodrigo Lefèvre e idealizado pelo casal de atores Perry Salles e Miriam Mehler deu origem ao Teatro Paiol, inaugurado em 1969 no número 164 da Rua Amaral Gurgel, na Vila Buarque. Palco de peças importantes da época, como À Flor da Pele e Bonitinha, Mas Ordinária, o local entrou em decadência e acabou se transformando, no fim dos anos 90, em um cinema pornô.

+ Quatro peças estreiam em São Paulo

Fechado desde 2007, o espaço está sendo restaurado desde agosto pelo ator (e antigo frequentador) Marcelo Mendes, que vai reinaugurar a sala na sexta (12).

Fonte: VEJA SÃO PAULO