Concertos

Teatro Municipal lança programa de assinaturas para 2014

Programação tem início em março, com Il Trovatore, do italiano Giuseppe Verdi, e ainda traz títulos de Bizet, Richard Strauss e outros compositores

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Óperas do Teatro Municipal
O maestro John Neschling: segundo ano como diretor do Municipal (Foto: Sylvia Masini)

O Teatro Municipal dá início à venda de assinaturas para temporada lírica de 2014 nesta sexta (17). Os fãs de ópera da cidade terão dez opções de pacotes de ingressos: um deles para estreias de produções, outros para récitas de terça, quinta, sábado e domingo, respectivamente, e séries mistas, com apresentações marcadas para diferentes óperas e dias.

O pontapé inicial da segunda temporada de óperas com John Neschling como diretor artístico acontece no dia 8 de março, com Il Trovatore, de Giuseppe Verdi – o compositor italiano também terá levada ao palco sua última obra do gênero, Falstaff, em abril. Os outros títulos da temporada são Carmen, de Bizet (maio e junho), Salomé, de Richard Strauss (setembro), a dobradinha I Pagliacci, de Leoncavallo, e Cavalleria Rusticana, de Mascagni (outubro), e Tosca, de Puccini (novembro e dezembro).

Quem quiser se tornar assinante terá a chance até 12 de fevereiro. Os valores vão de R$ 120,00 a R$ 600,00, dependendo do número de espetáculos e do setor do teatro. Mais informações podem ser obtidas na bilheteria, no telefone 3397-0327. A renovação para velhos assinantes foi realizada em dois períodos entre 2 de dezembro e 15 de janeiro.

Outras atrações

A inédita ópera Fome de Bola, do carioca Francis Hime, está fora das assinaturas, mas será encenada durante a Copa do Mundo. A Orquestra Experimental de Repertório também participa de uma montagem lírica. A obra escolhida é Satyagraha, de Philip Glass, com quatro récitas previstas para julho e agosto. Além disso, a OER realiza quatro concertos no Municipal, enquanto a OSM realiza seis programas sinfônicos com convidados importantes, a exemplo da pianista ucraniana Valentina Lisitsa e do violoncelista italiano Mario Brunello.

Inaugurada neste ano, a Sala do Conservatório, na Praça das Artes, terá um ciclo de música brasileira pelo Quarteto de Cordas da Cidade e sete récitas de câmara com integrantes da Sinfônica Municipal. Terá continuidade ainda a série Instrumental no Conservatório, voltada para jazz e música brasileira. Egberto Gismonti, Hamilton de Holanda Trio e o encontro de Mônica Salmaso, Guinga e Lula Galvão estão incluídos no roteiro.

Fonte: VEJA SÃO PAULO