Teatro

Teatro Imprensa se despede com a casa cheia

Mantida pelo Grupo Silvio Santos, a casa foi vítima das dificuldades financeiras do apresentador

Por: Dirceu Alves Jr. - Atualizado em

Teatro Imprensa 2227
Teatro Imprensa: casa mantida pelo Grupo Silvio Santos fecha as portas (Foto: Mario Rodrigues)

Na noite do domingo (31), com o fim da temporada do belo drama Doze Homens e uma Sentença, o Teatro Imprensa, na Bela Vista, fecha as portas em um momento de apogeu. Em cartaz no espaço desde fevereiro, a montagem dirigida por Eduardo Tolentino de Araújo foi vista por 35.000 pessoas em uma centena de apresentações, o que representa quase 80% da lotação por sessão.

+ As melhores peças em cartaz

+ Cintia Abravanel, primogênita de Silvio Santos, comanda o Teatro Imprensa

Mantido pelo Grupo Silvio Santos, o Imprensa foi vítima das dificuldades financeiras enfrentadas desde o início do ano pelo empresário e apresentador, que decidiu concentrar seus investimentos nos empreendimentos mais lucrativos.

Inaugurado em 1988 e administrado desde 1992 por Cintia Abravanel, primogênita de Silvio Santos, mesclou uma programação de apelo comercial com produções alternativas e recebeu campanhas beneficentes com escolas públicas e comunidades carentes.

+ Xaveco Virtual: nossa ferramenta para paquerar no Twitter 

Anexa ao teatro de 452 lugares, a pequena Sala Vitrine, para 48 espectadores, também manteve uma disputada pauta e encerrará as atividades com o monólogo dramático A Árvore Seca, protagonizado pela atriz Ester Laccava.

Fonte: VEJA SÃO PAULO