Espetáculos

Teatro Geo: mais um espaço para shows, peças e musicais

Dentro do Instituto Tomie Ohtake, local foi inaugurado nesta segunda (19) em festa para convidados

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

Teatro Geo
Teatro Geo: espaço dá vida noturna ao prédio do Instituto Tomie Ohtake (Foto: Divulgação)

O Instituto Tomie Ohtake fecha geralmente às 20h, mas a partir de agora o burburinho na região de Pinheiros vai durar até mais tarde graças à inauguração do Teatro Geo, que ocupa três andares do prédio localizado no número 88 da Rua Coropés.

+ Os shows que agitam a cidade

+ Natura Nós muda de nome e foca programação em MPB

+ BMW Jazz Festival está marcado para junho no Via Funchal

Apenas para convidados, a festa de abertura do espaço ocorreu nesta segunda (19) e contou com a presença do prefeito Gilberto Kassab, do secretário da Cultura do Estado de São Paulo Andrea Matarazzo e de artistas como Antônio Fagundes e seu filho, Bruno. A partir do dia 30, eles estrelam o primeiro espetáculo da casa, a peça “Vermelho”, uma adaptação de “Red”, de John Logan, que já foi exibida na Broadway e em 2010 levou um Tony Award.

Arnaldo Antunes, Marcelo Jeneci e Tulipa Ruiz foram os encarregados de estrear o palco. Acompanhados por Edgard Scandurra na guitarra e pelo músico Curumin na bateria, eles mesclaram o repertório dos três, com destaque para as canções de Antunes.

Em tamanho, o Geo é semelhante a teatros como o do Shopping Frei Caneca e do Sesc Vila Mariana. Com formato de auditório, ele possui ao todo 627 poltronas, divididas entre as plateias e um balcão, espécie de mezanino.

As três fileiras de poltronas começam bem próximas ao palco, sem espaço para o tradicional "fosso", que separa os artistas do público. No lugar, há um vidro. E o acesso aos assentos é feito por meio de três pisos diferentes, o que facilita o fluxo de circulação de pessoas.

A acústica do local também não decepciona. Em todas as extremidades pode-se ouvir bem.

A programação do novo teatro ficará a cargo de Marcelo Frazão, diretor da Geo Eventos, empresa das Organizações Globo e do Grupo RBS. A produtora é responsável por atrações como o musical “Priscilla, Rainha do Deserto”, que estreou no último dia 17 no Teatro Bradesco, e o festival Lollapalooza, que ocorre nos dias 7 e 8 de abril no Jockey Club.

Fonte: VEJA SÃO PAULO