Arte & Design

Teatro de concreto é grande atração em Trancoso

Inaugurado em março com um festival de música, a construção tem formas geométricas assinadas pelo arquiteto luxemburguês François Valentiny

Por: Rosane Queiroz, de Trancoso

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O mais novo teatro brasileiro não tem nome oficial, mas tem personalidade de sobra. Erguido nas falésias de Trancoso, no sul da Bahia, o recém-inaugurado e apelidado MeT (Música em Trancoso) é uma construção de concreto jateado do arquiteto luxemburguês François Valentiny, que se integra aos lagos e arbustos do campo de golfe do condomínio Terravista. “Na Bahia tem muito sol, muita chuva, muita alegria de viver e muito drama. O desafio foi encontrar uma geometria que traduzisse essa maneira passional de viver”, diz Valentiny, habitué do balneário. 

+ Leia mais sobre o mercado de luxo

São duas salas, cada uma com espaço para 1 000 espectadores, e um palco para 100 músicos. Na arena superior, a céu aberto, a inclinação da plateia e uma concha ao fundo rebatem o som do palco. O prédio anexo, adornado com dois painéis gravados em bronze da artista ítalo-brasileira Maria Bonomi, abriga sete salas de ensaio e um bar. A proposta dos idealizadores do projeto, o grupo Mozarteum, é que o MeT se torne um centro cultural. Os concertos e cursos realizados ali são gratuitos. “É a minha obra mais pessoal e poética”, afirma o arquiteto.

Fonte: VEJA SÃO PAULO