Memória paulistana

Teatro Brasileiro de Comédia pode ser reinaugurado em outubro

Funarte comprou o imóvel em 2009 e já investiu 13 milhões de reais em sua reforma desde o ano passado

Por: Mauricio Xavier (com reportagem de Cristiane Bomfim, Dirceu Alves Jr. e Nathalia Zaccaro) - Atualizado em

Memória Paulistana
Teatro Brasileiro de Comédia é reformado pela Funarte (Foto: Fausto Ivan)

Fundado em 1948, o Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) lançou uma geração inigualável ao estrelato. Cacilda Becker, sua irmã Cleyde Yáconis, Tônia Carrero, Paulo Autran e Walmor Chagas (morto no último dia 18), entre outros, deram os primeiros passos significativos no palco do casarão da Rua Major Diogo, 315, na Bela Vista. A companhia, de repertório quase sempre irretocável, durou dezesseis anos, mas o prédio resistiu ao tempo e se manteve ativo até 2007, com algumas interrupções, sob administrações variadas.

Depois de seis anos de abandono absoluto do edifício, os paulistanos terão de volta o histórico teatro. A Funarte comprou o imóvel em 2009 e já investiu 13 milhões de reais em sua reforma desde o ano passado. Com inauguração prometida para outubro, o novo TBC abrigará uma sala de 300 lugares, um espaço para shows, um café e um centro de pesquisa que promete reunir o acervo de nomes como os dos diretores Fernando Peixoto e José Renato. “A programação privilegiará montagens de artistas de diferentes regiões, que dificilmente se apresentariam em São Paulo”, diz o presidente da Funarte, Antonio Grassi. Leia mais no Blog do Dirceu - Na Plateia.

Fonte: VEJA SÃO PAULO