Em vídeo

Confira cenas de espetáculos que investem no filão motivacional

"Coisa de Louco" e "Como Ter Sexo a Vida Toda com a Mesma Pessoa" atraem o público com reflexões muito bem-humoradas sobre temas do cotidiano

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Coisa de Louco
Nilton Bicudo atua no monólogo 'Coisa de Louco' (Foto: Lenise Pinheiro)

No fim dos anos 60 e na maior parte dos 70, as metáforas políticas dominavam os palcos em resposta à censura do regime militar. A década de 80, por sua vez, trouxe a comédia besteirol e o descompromisso crítico. Hoje, o principal opressor é o cotidiano, com o stress provocado pela rotina doméstica e profissional. Desopilar no teatro, então, tornou-se um santo remédio. Confira abaixo trechos de dois espetáculos que investem no filão motivacional e atraem um público em busca de diversão e mensagens aplicáveis ao dia a dia.

Como Ter Sexo a Vida Toda com a Mesma Pessoa

 

Coisa de Louco

Fonte: VEJA SÃO PAULO