Evento

SWU promove maratona de shows no interior

Como comprar ingressos de última hora e evitar micos na segunda edição do megafestival

Por: Carol Pascoal - Atualizado em

SWU 2242
Mudança: de Itu, festival vai para Paulínia, onde acontece no Parque Brasil 500 (Foto: Divulgação)

Em outubro do ano passado, cerca de 165.000 pessoas presenciaram o nascimento do SWU Music & Arts, o festival politicamente correto que reúne debates sobre ecologia e sustentabilidade e, é claro, muitos shows ao longo de três dias. Realizado na Fazenda Maeda, localizada em Itu, teve o saldo final positivo, mas houve alguns problemas de infraestrutura e acesso. Para ajustar esses pontos, a segunda edição, entre 12 e 14 de novembro, terá uma nova sede: o Parque Brasil 500, na cidade de Paulínia, a 118 quilômetros de São Paulo.

+ Tudo sobre o SWU

+ Confira dicas de como se vestir para ir aos festivais de música

+ Saiba quanto você vai gastar para ir ao SWU

Os organizadores aproveitaram para fechar um pacote de cinco edições com o município, que tem apostado em eventos culturais, como uma central de estúdios cinematográficos, a fim de tentar reduzir sua dependência econômica do polo petroquímico. “Após o término do primeiro SWU, entramos em contato com quatro cidades”, diz Eduardo Fischer, idealizador do festival. “Paulínia atendeu aos principais requisitos, inclusive o de fácil acesso e o do grande espaço disponível”, completa.

Montado numa impressionante área de 450.000 metros quadrados, ou seja, o triplo do espaço de 2010 e também do Rock in Rio, o evento tem uma programação extensa. São 74 atrações musicais divididas em três palcos e uma tenda eletrônica (e mais 27 palestrantes). O festival espera receber entre 60.000 e 70.000 pessoas por dia. Por isso, os interessados devem se organizar para não perder aquele show tão desejado ou evitar pagar mico na estrada ou na porta do hotel lotado.

Peter Gabriel
Peter Gabriel: o ex-Genesis se apresenta acompanhado por uma orquestra no domingo (13) (Foto: Divulgação)

INGRESSOS

Ainda há bilhetes para os três dias de espetáculos. É possível garantir as entradas pelo telefone 4003-1212 ou pelo site www.ingressorapido.com.br. Os ingressos mais baratos custam 290 reais (pista). Quem vai ficar por lá em período integral poderá economizar comprando um passaporte de 739,50 reais, que dá acesso a todo o período de shows. O Lounge VIP sai por 900 reais a cada dia de espetáculo, mais o preço do ingresso — ou seja, um total de 1.190 reais. Em troca disso, o portador terá direito a uma visão privilegiada do palco, além de estacionamento, bebida e comida à vontade.

+ Florence and The Machine vem ao Brasil

+ Confira os shows que vão rolar na cidade

HOSPEDAGEM

As opções de hotéis em Paulínia estão esgotadas, assim como a maior parte das vagas que ficam nas cidades das redondezas (alguns estabelecimentos em Campinas, a 25 quilômetros, aceitam apenas inscrições para a fila de espera em caso de desistência de alguma reserva). Dessa forma, resta a quem comprou ingressos para os três dias do festival ficar alojado no camping do SWU. Mesmo quem não tem o espírito mais aventureiro pode considerar a opção, levando em conta que a área destinada a receber até 6.000 pessoas tem alguns serviços interessantes. Estacionamento exclusivo (já incluído no valor), área de alimentação e posto médico abertos durante 24 horas estão entre eles. Para os três dias de shows, o custo de aluguel do espaço varia de 420 reais a 600 reais, dependendo do tamanho da barraca.

O QUE VER

São 74 atrações musicais divididas em três palcos. O Consciência e o Energia são considerados os principais, mas o New Stage também tem boas opções. Há ainda uma tenda, a Heineken Greenspace, com capacidade para 10.000 pessoas.

Kanye West
O rapper Kanye West: show no dia 12 (Foto: Divulgação)

12 DE NOVEMBRO

Consciência

■ 19h20: Damian “Jr. Gong” Marley

■ 21 h30 : Kanye West

Energia

■ 20h25: Snoop Dogg

■ 23h35: The Black Eyed Peas

Heineken Greenspace

■ 20h30: James Murphy

■ 0h: Tiga

New Stage

■ 15h15: Copacabana Club

■ 18h30: OFWGKTA

Courtney Love
Courtney Love: viúva de Kurt Cobain toca com sua banda Hole (Foto: Divulgação)

13 DE NOVEMBRO

Consciência

■ 18h30: Chris Cornell

■ 20h55: Peter Gabriel & The New Blood Orchestra

Energia

■ 19h35: Duran Duran

■ 22h45: Lynyrd Skynyrd

Heineken Greenspace

■ 20h30: John Digweed

■ 0h: Fedde Le Grand

New Stage

■ 18h15: Playing for Change

■ 20h45: Hole

Faith No More
Faith No More: banda toca no último dia do festival (Foto: Divulgação)

14 DE NOVEMBRO

Consciência

■ 19h20: Sonic Youth

■ 23h55: Alice in Chains

Energia

■ 22h35: Stone Temple Pilots

■ 1h30: Faith No More

Heineken Greenspace

■ 19h00: Gui Boratto

■ 0h: Sven Väth

New Stage

■ 21h30: Crystal Castles

■ 22h45: Simple Plan COMO CHEGAR

SWU Paulínia
(Foto: Veja São Paulo)

O local das apresentações fica a 75 minutos de São Paulo. Quem for ao evento de transporte coletivo ou com mais pessoas no carro levará certa vantagem.

Ônibus: de hora em hora, a VB Transportes fará saídas do Terminal Rodoviário Tietê. A dica é garantir a passagem com antecedência no guichê da empresa, pois poderá haver fila para quem preferir comprar no dia do festival. O bilhete de ida e volta sai por 51 reais.

Carro: o local disponibiliza 16.500 vagas, sendo 1.500 delas destinadas aos membros do camping. A diária custa 50 reais (veículos com três pessoas ou mais) e 100 reais (automóveis com um ou dois ocupantes).

Bate e volta: a empresa Amplitur também tem opções de pacotes para quem pretende passar o dia no SWU, com saídas do Estacionamento Unipare (Rua Voluntários da Pátria, 344, Santana), voltando para São Paulo no mesmo dia. Custa 78 reais e a reserva pode ser feita pelo site www.ingressorapido.com.br

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO