Criminalidade

Suzane Von Richthofen muda de ideia e agora quer ir para o semiaberto

Condenada pelo assassinato dos pais, ela foi ouvida pela Vara de Execuções Criminais e agora aguarda decisão

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

suzane von richthofen
Suzane Von Richthofen: ela foi condenada pela morte dos pais em 2002 (Foto: Reprodução / Record)

Após recusar em agosto do ano passado a transferência para o regime semiaberto por temer pela sua segurança, Suzane Von Richthofen voltou atrás de sua decisão. A pedido do Tribunal de Justiça de São Paulo, ela foi ouvida pela Vara de Execuções Criminais.

+ “É nojento”, afirma irmão de Suzane sobre a morte dos pais

No encontro, Suzane afirmou que, agora, pretende aceitar o benefício. A Justiça já analisa o pedido, mas ainda não há prazo para uma definição.

Em março deste ano, a namorada de Suzane, Sandra Regina Ruiz, foi transferida para o Centro de Ressocialização Feminino em São José dos Campos para cumprir a pena no semiaberto. 

Suzane von Richthofen abre mão de herança dos pais

Sandra e suzane selfie
Sandra Regina Gomes: namorada de Suzaqne foi transferida para a unidade em São José dos Campos (Foto: Reprodução)

Quem é Sandra Regina Ruiz Gomes, a namorada de Suzane Richthofen na cadeia

Também em março, o irmão de Suzane, Andreas, quebrou o silêncio após doze anos. Em carta entregue para um jornalista, ele disse que o crime cometido pela irmã “é nojento”.

Em fevereiro, Gugu Liberato entrevistou Suzane na cadeia. Para o apresentador, ela revelou detalhes do assassinato dos pais.

Confira as últimas notícias

Suzane foi condenada a trinta e oito anos e seis meses de prisão pelo assassinato dos pais Manfred e Marísia von Richthofen, em 2002. Deste então, ela tem sido considerada uma das presas mais influentes e com melhor comportamento na Penitenciária Feminina I de Tremembé.

Fonte: VEJA SÃO PAULO