Especial

Sucos turbinados

Os refrescos são a cara do verão. Mas esqueça a velha receita da fruta batida com água, eles agora precisam ser incrementados 

Por: Carolina Romanini

Suco Verde - Green Juicing - Latinstock 2
Suco de fruta: as versões funcionais são servidas com sementes, biomassa de banana verde e até chá (Foto: Latinstock)

O suco verde foi a grande sensação do verão passado. Com a promessa de desintoxicar o organismo, filtrar o sangue, melhorar o funcionamento do intestino e dar disposição - e, como resultado de tudo isso, afinar a silhueta -, foi incorporado no cardápio de dez entre dez paulistanos viciados em uma novidade saudável.

+ Onde tomar suco verde

Neste verão, ele deve continuar em alta. Assim como o suco rosa, amarelo, laranja... Mas não na sua receita tradicional. Ao invés da fruta batida apenas com água, os sucos passam a ser incrementados chia, linhaça, biomassa de banana verde e gengibre, por exemplo.

“Estudos recentes apontam que, quando adicionado um desses elementos ao suco, chia, linhaça ou biomassa de banana verde, você reduz o índice glicêmico da fruta e tem maior sensação de saciedade”, explica a nutricionista Roberta Thawana.

O índice glicêmico, ou o índice de áçucar da fruta, é o novo vilão da dieta, segundo os especialistas. “A frutose (açúcar derivado da fruta) age diretamente no pâncreas, liberando altas doses de insulina, o que impede o emagrecimento”, explica a nutricionista Maria Fernanda Barca.  “Quando você mistura a chia ou a linhaça no suco, você corta um pouco esse efeito”, acrescenta Maria Fernanda. Ainda assim, de acordo com a nutricionista, o ideal é não beber mais de um copo de suco por dia.

Frutas - Latinstock
Cuidado com a frutose: neste verão, a dica é aproveitar as frutas com menor índice glicêmico (Foto: Latinstock)

Outra maneira de otimizar a mistura é batendo a fruta com um chá gelado. Mas atenção: nada de usar as versões em caixinha. Dê preferência ao chá caseiro e feito na hora. “Um suco de limão batido com chá verde, por exemplo, estimula ainda mais o metabolismo”, indica Roberta. “Já o chá de hibisco pode ser combinado com o morango, para ação diurética”, acrescenta ela.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO