Roteiro

Combinação de sorvete e álcool inspira novos gelados

Bebidas e drinques clássicos como caipirinha, vinho e até uísque aparecem entre os novos sabores nas sorveterias paulistanas

Por: Laís Cantelli - Atualizado em

Sorvete de cerveja - Folie
Folie: sorvete de cerveja é uma das estrelas do cardápio (Foto: Tadeu Brunelli)

Sorvetes combinam com caldas doces, frutas e compõem misturas inusitadas, como a clássica vaca preta, taça que mescla o doce com Coca-Cola. A novidade agora é que, além de sabores surpreendentes como o de rosas, vendido na  Mil Frutas, tornaram-se comuns as versões que levam bebidas alcoólicas como ingrediente. Champanhe, vinho, uísque e drinques como piña colada, bellini e caipirinha são exemplos dos bebes que inspiram os novos gelados. Saiba onde experimentar alguns deles.

Bella Paulista: na seara de sorvetes alcoólicos feitos por esta padaria 24 horas, aparecem sabores como caipirinha de limão, prosecco, uísque cream e Amarula (R$ 8,30 o copo com um sabor; R$ 11,80 com dois; R$ 16,20, três sabores; e R$ 18,70, quatro sabores). É possível prová-los na área interna da padoca, onde as mesas são bastante disputadas, ou na calçada, já que o balcão de sorvetes está ligado diretamente à rua. Além do doce, que é produzido diariamente, a superpadaria tem bufê de café da manhã e extenso cardápio de sanduíches, pratos, rápidos e petiscos.

CuordiCrema: de massa macia, tal e qual pede a receita italiana, os gelatos da CuordiCrema se dividem em 89 sabores, entre eles o bellini, inspirado no drinque feito com prosecco e pêssegos, e o de caipirinha de maracujá. Torça para topar com um deles no balcão e peça em três tamanhos de copinho: pequeno (R$ 9,00), médio (R$ 11,00) ou grande (R$ 13,00). A gelateria está instalada desde o final de 2012 em uma charmosa casa no Itaim Bibi, cuja cozinha envidraçada revela a minuciosa produção do sorvete artesanal.

Freddo - Sorvete
Freddo: sorvete de vinho Malbec com frutas vermelhas (Foto: Divulgação)

Folie: sorvetes artesanais são produzidos todos os dias, em pequena escala, e servidos a partir do meio-dia, nesta doceria que vende macarons, chocolates, bolos e tortas. Com sorte, quem procura gelados alcoólicos pode encontrar os sabores de cerveja, champanhe ou vinho branco, em três tamanhos: R$ 7,00 (uma bola), R$ 9,00 (duas bolas) e R$ 11,00 (três bolas).

Freddo: o sabor mais popular dessa tradicional sorveteria argentina é, sem dúvida, o doce de leite, que aparece em versões tentadoras, a exemplo do granizado, com pedacinhos de chocolate. Para quem prefere algo menos doce – e mais alcoólico –, a dica é provar o helado de vinho Malbec com frutas vermelhas. O copinho ou a casquinha no tamanho pequeno, com 90g, custam R$ 9,50. O tamanho médio, com 150g, sai por R$ 14,50. E a versão grande, de 250g, custa R$ 19,00.

Sorvete - Stuzzi
Stuzzi: gelado de amoras com calda de licor de laranja (Foto: Divulgação)

Häagen-Dazs: quando o assunto é sorvete, a notoriedade da marca nova-iorquina é incontestável mundo afora. Presente em mais de 50 países, tem alguns sabores que são suas marcas registradas, como o clássico Cookies & Cream. A opção alcoólica da Häagen-Dazs aposta acertadamente no icônico licor irlandês Baileys, que dá ainda mais cremosidade ao sorvete. Uma bola sai por R$ 9,90, duas por R$ 17,50 e três bolas por R$ 23,00.

Pâtisserie Gelée: a cozinha artesanal é a marca desta pequena pâtisserie, liderada pela designer Mariangela Marques Barbosa. Além de tortas, bolos e brioches, a casa também oferece uma linha de sorvetes de produção própria, que conta com mais de 20 sabores. A versão alcoólica da casa vem na inusitada, porém apetitosa combinação de saquê com coco (R$ 8,00 uma bola, R$ 13,00 duas bolas).

Stuppendo: a gelateria comandada pelo chef e apresentador de TV Edu Guedes fica em Moema e tem uma extensa lista de sabores criativos, como o de figo com nozes e gorgonzola. As invenções também contemplam os alcoólicos, que incluem, por exemplo, as receitas de piña colada (rum, leite de coco e suco de abacaxi), champanhe com morango, coco com uísque e grappa (destilado italiano) com pera (R$ 9,00 o copo com dois sabores, R$ 12,00 com três).

Vipiteno - sorvetes
Vipiteno: serve os sabores abacaxi com vinho e uísque (Foto: Divulgação)

Stuzzi: essa autêntica gelateria italiana traz sorvetes de massa bem cremosa, divididos em duas linhas: premium e gourmet. Os sorvetes alcoólicos da casa fazem parte das receitas gourmet e entram periodicamente no cardápio, nos sabores mousse de amora com calda de licor de laranja e pedacinhos da fruta, café com Baileys e prosecco com pêssegos (R$ 11,50 a bola). Outra opção é o de chocolate amargo com trufa de chocolate branco e Baileys.

Vipiteno: a matriz da sorveteria fica no Itaim Bibi e permanece aberta até a meia-noite – uma ótima pedida para quando a fome bate mais tarde. Com receitas de inspiração italiana assinadas pelo chef francês Laurent Suaudeau, criam-se gelatos leves e cremosos na medida. Para as versões alcoólicas, a Vipiteno aposta no chocolate trufado com conhaque, no uísque e também no sabor abacaxi com vinho (R$ 9,00 um sabor; R$ 11,00 dois sabores; R$ 16,00 três sabores). 

Fonte: VEJA SÃO PAULO