Gastronomia

Sopa: novidades nos restaurantes, opções detox e até de chocolate

Saiba onde se aquecer com sabores clássicos (e outros nem tanto) e conheça restaurantes que incluiram bons caldos no cardápio

Por: Sophia Braun

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

COLHERADA DE NOVIDADES

Bares e restaurantes incrementam o cardápio com receitas quentinhas

A Figueira Rubaiyat: quatro criações ficam em cartaz até o fim do inverno. O creme de tomate com queijo de cabra francês chabichou e manjericão é salpicado de tomate seco (30 reais). Torradas de baguete acompanham. Outra opção combina camarão, lula, vieira e peixe ao toque de licor de anis e uísque (60 reais). Em cartaz também nas duas unidades do Baby Beef Rubaiyat, no Itaim Bibi e no Paraíso.

Osteria del Pettirosso - sopas
Osteria del Pettirosso: receitas típicas de Roma (Foto: Ricardo D'Angelo)

Osteria del Pettirosso: nascido em Roma, na Itália, o chef Marco Renzetti propõe três receitas autênticas de sua cidade natal nesta cantina premiada pela edição especial VEJA COMER & BEBER. Abre o apetite o delicado caldo de carnes enriquecido por ovo mexido, ervilhas e quadradinhos de massa artesanal (29 reais). Podem valer por uma refeição o creme de grão-de-bico com sabor marcante de alecrim (29 reais) e o de feijão e cogumelo porcini mais pele de porco crocante (39 reais), ambos incrementados por macarrão. Serão servidos até 30 de agosto.

Pirajá - caldinho de milho
Pirajá: creme de milho, bacon e alho-poró (Foto: Antonio Rodrigues)

Pirajá: o botequim de alma carioca aquece o estômago dos boêmios com quatro caldinhos sazonais (13 reais cada um) durante a temporada de frio. Servidos em caneca de ágata, recebem bolinhos de mandioca com parmesão de guarnição. Entre os sabores, aparecem creme de feijão-de-corda, agrião e uma versão de milho com bacon e alho-poró.

Tian - lamen - sopa
Tian: menu de lámens em caldo de pato ou lagostim (Foto: Divulgação)

Tian: especializada na culinária do Sudeste Asiático e do Extremo Oriente, a casa criou um menu de lámens, compostos de macarrão artesanal, copa lombo, kamaboko (massa de peixe), ovo, cebolinha e sal de katsuobushi (conserva seca de bonito) em caldo de pato (29 reais). Também faz uma opção com camarão grelhado e moyashi (broto de feijão) mergulhados em base de lagostim (32 reais).

S Simplesmente - sopa de tomate
S Simplesmente: sopa de tomate com anis-estrelado (Foto: Luna Garcia)

DETOX QUENTINHO

Opções para aquecer em casa sem sair da dieta

All Light Gourmet: conhecida por preparar refeições balanceadas e entregálas em descoladas marmitas na casa dos clientes, a marca lançou agora uma loja virtual. A plataforma exibe seis sopas (16 reais cada uma) levinhas, vendidas em porções congeladas de 250 gramas. Tem apenas 32 calorias a versão de tomate e manjericão. Quase nada mais potente, o creme de abóbora possui 43 calorias. 

+ Nutricionista ensina receita de sopas saudáveis

S Simplesmente: além dos ótimos pães sem glúten e das imbatíveis granolas (doces e salgadas), propõe sopas frescas em potes de vidro. São seis sabores, entre eles tomate com anis-estrelado. À frente do negócio, os sócios Charles Piriou e Thiago Medeiros acabam de lançar um creme de batata-doce ao cardamomo e outro de cenoura perfumada por maracujá. Cada porção de 500 mililitros custa 24,50 reais.  

Sopa de Cebola da Ceagesp
Ceagesp: sedoso creme de cebola e pão gratinado rouba as atenções (Foto: Ricardo D'Angelo)

NOSTALGIA NA CUMBUCA

A Ceagesp serve a tradicional versão de cebola gratinada até o fim de agosto

Quem viveu nos anos 60 e 70 deve se lembrar da sopa de cebola servida durante a madrugada no antigo Ceasa. A ideia era alimentar os trabalhadores, mas a receita fez tanto sucesso que passou a atrair visitantes de todos os cantos da cidade.

+ Confira o cardápio de sopas da Ceagesp

Essa memória afetiva ajuda a explicar o êxito do bufê montado no entreposto desde 2009. Para driblar a fome dos comensais que aguardam uma mesa (às sextas e aos sábados, a espera ultrapassa uma hora), há antepastos como sardela e minissalsicha (59,90 reais o quilo).

No ruidoso salão, caldos como galinha com pequi e queijo mais brócolis ficam em segundo plano. As cumbucas preenchidas até a metade com um sedoso creme de cebola e pão gratinado roubam as atenções. Apenas aos domingos, um creme de chocolate quentinho, para devorar com frutas frescas, arremata a refeição. Pagam-se 32,90 reais por pessoa para comer à vontade.

sopa de chocolate
Sopa de chocolate com frutas vermelhas: R$18,00 (Foto: Lucas Lma)

CREME DOCE

Dois endereços onde a sopa é a sobremesa

Made by Nina: até o fim de agosto, ficam em cartaz três irresistíveis receitas açucaradas (19,50 reais cada uma). Todas elas têm como base uma calda de chocolate, feita com matéria-prima belga ao leite e meio amarga mais fava de baunilha. Servidas em cumbuca de louça, podem ser finalizadas com mix de castanhas, frutas vermelhas ou framboesas.  

Tomyam: tem sotaque tailandês a sopa de bananas cozidas em leite de coco ao perfume de capimlimão, limão-kaffir e especiarias, entre elas cravo-massala. Nem essa sobremesa escapa de um toque de curry amarelo, levemente apimentado. Na companhia de arroz-doce ou sorvete, custa 25 reais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO