Noite

Dez motivos para badalar no festival Skol Sensation

Por: Carolina Giovanelli - Atualizado em

Skol Sensation
O Sensation White, na Holanda, em 2008: cenário focado no universo aquático (Foto: Divulgação)

1 - Depois de rodar por 23 países, o evento Sensation White finalmente desembarcou por aqui no ano passado sob o nome de Skol Sensation. Reuniu 40 000 pessoas e colecionou elogios. Tudo indica que o sucesso vai se repetir em sua segunda edição, no sábado (17).

2 - Como todo festival eletrônico que se preze, o line-up inclui DJs de peso. Além do projeto curitibano Life Is a Loop, que mescla house com percussão ao vivo, lideram os toca-discos o bem cotado trio inglês Above & Beyond (trance), o americano Felix Da Housecat (electro), o alemão Tocadisco (tecno) e o holandês Chuckie (house).

3 - Resgate aquela roupa de réveillon ou divirta-se escolhendo modelitos para entrar no clima da folia. Só participa quem estiver vestido de branco. Sapatos e acessórios podem fugir à regra.

4 - Focado no universo aquático, o cenário tem como estrela uma enorme anêmona cenográfica, instalada sobre o palco giratório central. Dezesseis águas vivas suspensas no teto, fontes, lasers e fogos de artifício também integram a megaestrutura.

5 - Uma trupe de artistas holandeses em figurinos exóticos fica encarregada de apimentar a noitada com complicados contorcionismos e acrobacias à la Cirque du Soleil.

6 - Espaço não vai faltar durante as seis horas e meia de festa. O Pavilhão de Exposições do Anhembi disponibilizará 72 000 metros quadrados de ambiente, o que significa 20% a mais de área em comparação à edição de 2009.

7 - No meio da madrugada, os DJs dão um descanso das novidades do putz-putz. Num período de meia hora, rola o Skol Sensation Mix, seleção poderosa de clássicos da música eletrônica.

8 - Quem desembolsar 1 100 reais pode começar uma luxuosa noite com jantar no Terraço Daslu. Dali, uma limusine leva o baladeiro até o Anhembi, onde ele tem acesso a um camarote especial. Cerveja, drinques e petiscos estão liberados.

9 - Um lounge repleto de sofás, 570 metros de bar e uma praça de alimentação caprichada, composta de restaurantes a exemplo do japonês Shaya e da hamburgueria General Prime Burguer, proporcionam confortos extras.

10 - Os que costumam exagerar no álcool podem ficar despreocupados. Com o ingresso, o público recebe um passe de ida e volta para o metrô. Ônibus gratuitos ficarão disponíveis para o trajeto até a Estação Tietê.

Fonte: VEJA SÃO PAULO