Crise hídrica

Sistema Cantareira fica estável pelo terceiro dia consecutivo

Já Alto Tietê, Guarapiranga, Rio Grande e Rio Claro registram alta

Por: VEJA SÃO PAULO

Sistema Cantareira edição 2374
Na mesma data do ano passado, os reservatórios do Sistema Cantareira estavam com 27,4% da capacidade (Foto: Mario Rodrigues)

Pelo terceiro dia consecutivo, o nível do Sistema Cantareira segue estável, em 7,3%, segundo informações da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Na mesma data, em 2013, o índice estava em 27,4%.

+ Agência paulista adia multa por gasto excessivo de água

Além do Cantareira, nenhum outro manancial que abastece a região metropolitana de São Paulo sofreu baixa de segunda para terça-feira.

Após uma queda registrada na segunda-feira (29), a quantidade armazenada no Alto Tietê, que também já considera volume morto, subiu de 12% para 12,2%. O reservatório abastece 4,5 milhões de habitantes.

O Sistema Guarapiranga também apresentou aumento após recuo, passando de 40,5% para 40,6%. O reservatório atende 4,9 milhões de pessoas.

+ Aplicativos ajudam a reduzir gastos no dia a dia

Outros dois mananciais apresentaram aumento no volume de água. O Rio Grande elevou de 71,9% para 72,4% e o Rio Claro de 33,5% para 33,6%. O Sistema Alto Cotia ficou estável, em 31,6%, também pelo terceiro dia consecutivo (Estadão Conteúdo).

Fonte: VEJA SÃO PAULO