CRISE HÍDRICA

Sistema Cantareira registra alta neste sábado (21)

Manancial Guarapiranga foi o único entre os que abastecem a Grande São Paulo a não registrar elevação

Por: Veja São Paulo

Cantareira
Represa Jaguari, que integra o sistema Cantareira (Foto: Nilton Cardin/Folhapress)

De acordo com dados divulgados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o nível de água do Sistema Cantareira registrou nova alta em seu volume hídrico e opera com 65,2% do total de sua capacidade. Em 30 de dezembro de 2015, o manancial deixou a dependência do volume morto após 19 meses de crise hídrica. 

+ Os principais problemas da gestão Fernando Haddad

+ Confira  previsão do tempo para este fim de semana

A tempestade da noite de sexta (20) foi a maior do mês para os mananciais, com 23,8 milimetros. No acumulado do mês, já são 55,4 milímetros -- marca ainda inferior ao esperado para todos o período de maio, que de 78,2 milímetros.

O Sistema Guarapiranga se manteve estável e foi o único entre os que abastecem a Grande São Paulo a não registrar elevação neste sábado. Confira a atual situação de todos os mananciais que abastecem o estado:

- Alto Cotia: 96,9% da capacidade

- Alto Tietê: 39,5% da capacidade

- Cantareira: 65,2% da capacidade

- Guarapiranga: 78,6% da capacidade

- Rio Claro: 95,3%da capacidade

- Rio Grande: 95,3% da capacidade

Fonte: VEJA SÃO PAULO